Nenê Constantino é julgado por tentativa de assassinato contra ex-genro

BSB Capital27/05/2015 às 9:40, Atualizado em 27/05/2015 às 9:40

Antônio Andrade de Oliveira e José Humberto de Oliveira Cruz teriam sido contratados para executar o crime, ocorrido em junho de 2008.   O Tribunal do Júri de Brasília julga nesta quarta-feira (27/5) o empresário fundador da Companhia Gol, Nenê Constantino, e outras duas pessoas acusadas de envolvimento em uma tentativa de assassinato contra Eduardo …

Nenê Constantino é julgado por tentativa de assassinato contra ex-genro Leia mais »

20150527090705516933u
Nenê Constantino é acusado de tentar mater ex-genro

Antônio Andrade de Oliveira e José Humberto de Oliveira Cruz teriam sido contratados para executar o crime, ocorrido em junho de 2008.

 

O Tribunal do Júri de Brasília julga nesta quarta-feira (27/5) o empresário fundador da Companhia Gol, Nenê Constantino, e outras duas pessoas acusadas de envolvimento em uma tentativa de assassinato contra Eduardo Queiroz Alves, ex-genro de Nenê.

Antônio Andrade de Oliveira e José Humberto de Oliveira Cruz teriam sido contratados por Constantino para executar o crime, ocorrido em junho de 2008. A tentativa de homicídio aconteceu em uma rua, próximo a um ponto de embarque e desembarque de passageiros, no Setor de Garagens e Concessionárias de Veículos, no Setor de Indústria e Abastecimento (SIA).

Há cinco anos, Costantino cumpre prisão domiciliar, em função da idade e da saúde debilitada.

Com informações do TJDFT

Leia mais:


Pessimismo agrava a situação, diz representante das indústrias no DF


Por salários atrasados, rodoviários da Cobrataete param de novo


Águas Claras será monitorada por câmeras


Deixe um comentário

Rolar para cima