Náutica Internacionalizada

BSB Capital 16/05/2014 às 18:59, Atualizado em 16/05/2014 às 18:59

Setor náutico é destaque em evento ítalo-brasileiro com participação do estaleiro italiano Azimut/Benetti   João Carlos Bertolucci A Embaixada da Itália, em parceria com a  empresa italiana Itália Trade Agency – ITA, realizaram na terça-feira (13), o evento “a excelência italiana: tecnologias para a cooperação ítalo-brasileira”, visando promover o intercambio empresarial e troca de tecnologias …

Náutica Internacionalizada Leia mais »

Setor náutico é destaque em evento ítalo-brasileiro com participação do estaleiro italiano Azimut/Benetti

 

João Carlos Bertolucci

A Embaixada da Itália, em parceria com a  empresa italiana Itália Trade Agency – ITA, realizaram na terça-feira (13), o evento “a excelência italiana: tecnologias para a cooperação ítalo-brasileira”, visando promover o intercambio empresarial e troca de tecnologias em temas como, qualidade e segurança alimentar; petróleo e gás; náutica desportiva e comercial; design e certificação de interiores. Todos eles inseridos no debate em várias mesas de trabalho técnico-institucionais, que se estendeu durante todo o dia e teve a participação de um seleto grupo de convidados composto por empresários, políticos e profissionais liberais.

O destaque do evento ficou para o setor náutico, com a participação do diretor chefe executivo do grupo Azimut/Benetti Yachts, Davide Breviglieri. O italiano destacou a importância da iniciativa como forma ideal para a troca de tecnologias de ponta e, principalmente, do setor náutico como propulsor para o fortalecimento da economia brasileira e italiana ressaltando que o mercado internacional está acompanhando a estruturação deste mercado para futuros investimentos no Brasil. “Depois da crise que assolou a Europa e os USA em 2009, os empresários italianos deste setor verificaram que o Brasil pode ser uma alternativa para a crise”, destacou.

Conforme Breviglieri, o grupo Azimut/Benetti já investiu mais de U$ 40 mi na instalação do parque industrial em Itajaí-SC, e pretende investir mais que o dobro deste valor nos próximos anos na construção do novo estaleiro. “Somos construtores de iates e investiremos ainda mais nos próximos anos para consolidar a nossa marca no mercado brasileiro”, destaca.

Também esteve presente no evento o presidente a Associação Brasileira dos Construtores de Barcos e seus Implementos – Acobar, Eduardo Colunna, que fez questão de vir do Rio de Janeiro até Brasília para destacar a importância da náutica e solicitar ao governo brasileiro maiores investimentos. “O potencial do setor náutico para incrementar a economia brasileira é excepcional. Porém o governo federal deve criar linhas de créditos especificas e os estados subsídios tributários e industriais para a instalação destes estaleiros no Brasil”, afirma Colunna.

O Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, esteve presente no evento, através de Gustavo Henrique Araruna Campos, analista de comércio exterior, que afirmou que o governo brasileiro está empenhado para desenvolver o mercado náutico esportivo ou naval no Brasil. “O governo brasileiro, através do nosso Ministério, tem acompanhado este segmento econômico de perto. Essa iniciativa consolida a proposta do governo federal em apoiar o setor náutico”, afirma.

Davide Braviglieri, diretor do grupo Azimut/Benetti, afirmou com exclusividade para a reportagem do Jornal Brasília Capital, que o estaleiro está desenvolvendo um novo projeto de embarcação com dimensões menores visando o mercado de águas abrigadas. “Nossa empresa sentiu que o mercado interior no Brasil tem grande potencial para absorver embarcações entre 34 a 40 pés. Vamos desenvolver um projeto próprio água doce”, destacou Breviglieri.

Seminário Tecnologia Embaixada da Itália

Deixe um comentário

Rolar para cima