Mentor da ‘Barbárie de Queimadas’ é condenado a 108 anos na Paraíba

bsbcapitalPor ,26/09/2014 às 15:00, Atualizado em 26/09/2014 às 15:00

Após 19 horas de julgamento, Eduardo dos Santos Pereira, apontado como o mentor da ‘Barbárie de Queimadas’, ocorrida em 2012 no Agreste da Paraíba, foi condenado a 106 anos e quatro meses de reclusão. Eduardo foi considerado culpado por dois homicídios, formação de quadrilha, cárcere privado, corrupção de menores e porte ilegal de arma, além dos …

Mentor da ‘Barbárie de Queimadas’ é condenado a 108 anos na Paraíba Leia mais »

julgamento-queimadas-sentenca

Após 19 horas de julgamento, Eduardo dos Santos Pereira, apontado como o mentor da ‘Barbárie de Queimadas’, ocorrida em 2012 no Agreste da Paraíba, foi condenado a 106 anos e quatro meses de reclusão. Eduardo foi considerado culpado por dois homicídios, formação de quadrilha, cárcere privado, corrupção de menores e porte ilegal de arma, além dos cinco estupros. Além disso, ele recebeu uma pena de 1 ano e 10 meses de detenção pelo crime de lesão corporal de um dos adolescentes envolvidos no crime, o que na prática representa 108 anos e dois meses.

A sentença foi anunciada pelo juiz às 9h desta sexta-feira (26) no plenário do 1º Tribunal do Júri de João Pessoa, no Fórum Criminal. Na ‘Barbárie de Queimadas’, cinco mulheres foram estupradas durante uma festa de aniversário e duas delas foram assassinadas porque teriam reconhecido os agressores. Eduardo Santos foi o último dos envolvidos no crime a ser julgado. Outros seis homens já foram condenados e cumprem pena em regime fechado e três adolescentes foram sentenciados e cumprem medidas socioeducativas.

 

Deixe um comentário

Rolar para cima