Manifestantes do MST bloqueiam rodovias no DF, contra impeachment

bsbcapitalPor ,10/05/2016 às 8:48, Atualizado em 09/07/2016 às 3:39

Centenas de manifestantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) e de outros movimentos sociais estão bloqueando rodovias que cortam o Distrito Federal, nesta manhã de terça-feira (10/5). Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e do Corpo de Bombeiros, até por volta das 7h40, os bloqueios eram realizados nas BRs 020, 060 e …

Manifestantes do MST bloqueiam rodovias no DF, contra impeachment Leia mais »

20160510075231814112u

Centenas de manifestantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) e de outros movimentos sociais estão bloqueando rodovias que cortam o Distrito Federal, nesta manhã de terça-feira (10/5). Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e do Corpo de Bombeiros, até por volta das 7h40, os bloqueios eram realizados nas BRs 020, 060 e 070. Os atos são contra o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT).

De acordo com a PRF, um grupo de cerca de 200 pessoas bloqueia a BR-070, na altura de Águas Lindas, cidade do Entorno do DF. Um grande congestionamento se formou no local, onde o grupo queimou entulho e galhos de árvores para impedir o trânsito. Eles liberaram apenas um trecho da pista no sentido DF-Goiás.

Outro bloqueio ocorre na BR-020, onde aproximadamente 300 pessoas fazem um protesto na altura do DVO, dentro da região administrativa de Planaltina. A rodovia é a principal saída de quem vem de Sobradinho e de cidades do Entorno, como Formosa (GO). Os dois sentidos da rodovia estão impedidos e o tráfego de veículos está completamente parado. Outro grupo se concentra na BR-060, que também está com os dois lados bloqueados.

O protesto é uma ação do grupo contra o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT), que será votado no plenário do Senado nesta quarta-feira (11/5). Caso seja aprovado, a petista será afastada do cargo por 180 dias. Segundo a PRF, os manifestantes devem manter os dois trechos bloqueados até às 9h.

Outros estados
Atos simultâneos também ocorreram em outros estados do país. A capital paulista também enfrenta uma manhã caótica no trânsito. A Avenida 23 de Maio, importante via da cidade, está bloqueada nos dois sentidos na altura do Terminal Bandeira. Os manifestantes atearam fogo em madeira e pneus. Há também protesto na rodovia Hélio Smidt, que dá acesso ao Aeroporto Internacional de Cumbica, em Guarulhos. Outra manifestação ocorre na Marginal Pinheiros. Ao todo, a capital tem mais de 70 km de vias congestionadas, segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET).

Há relatos também de manifestações em rodovias do Rio Grande do Sul e na BR-101, na altura de Itaguaí, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro. Pelas redes sociais, a Frente Brasil Popular, que reúne vários movimentos sociais, fez uma convocatória para que os manifestantes fossem às ruas. “Vai ter muita luta em defesa da democracia! O Brasil diz não contra o golpe!”, diz uma mensagem postada no Facebook. A Central Única de Trabalhadores (CUT), também convoca atos em todo o País “em defesa da democracia, dos direitos trabalhistas sociais e humanos”.

Com informações de Breno Fortes e da Agência Estado

 


Uma pessoa morre e cinco são hospitalizadas após serem envenenadas


Enem 2016: inscrições estão abertas e vão até o dia 20 de maio


Alambrado para separar manifestantes volta à Esplanada


Deixe um comentário

Rolar para cima