Mané Garrincha será sede de três secretarias do GDF

bsbcapitalPor ,03/03/2015 às 11:58, Atualizado em 03/03/2015 às 11:58

Governo prevê uma economia de R$ 10,5 milhões por ano   Para avançar na meta de redução de custos sugerida no Pacto por Brasília, o Governo decidiu cortar gastos com aluguéis de imóveis. Até o fim do mês, as Secretarias de Estado de Economia e Desenvolvimento Sustentável, de Desenvolvimento Humano e Social e do Esporte e Lazer deixarão …

Mané Garrincha será sede de três secretarias do GDF Leia mais »

Governo prevê uma economia de R$ 10,5 milhões por ano

 

Para avançar na meta de redução de custos sugerida no Pacto por Brasília, o Governo decidiu cortar gastos com aluguéis de imóveis. Até o fim do mês, as Secretarias de Estado de Economia e Desenvolvimento Sustentável, de Desenvolvimento Humano e Social e do Esporte e Lazer deixarão o prédio alugado na 509 Norte para ocupar as instalações do Estádio Mané Garrincha.

A medida visa diminuir as despesas da máquina pública e deve gerar uma redução de R$10,5 milhões por ano nas contas do GDF só com a transferência dessas secretarias para o estádio. Segundo o secretário de Gestão Administrativa e Desburocratização (SEGAD), Antonio Paulo Vogel, aproximadamente 400 servidores das três secretarias irão ocupar as 40 salas disponíveis no estádio e usufruir do espaço que ficou ocioso desde a Copa do Mundo de 2014.  “Nosso objetivo é ocupar, ao máximo, espaços não onerosos para o Estado até que seja possível a transferência de todas as secretarias do GDF para o Centro Administrativo, em Taguatinga”, afirmou Vogel.

A economia anual da ordem de R$ 24 milhões com a devolução de vários imóveis alugados é prioridade. Segundo a SEGAD, o governo gasta mais de R$ 60 milhões por ano com o aluguel de 95 imóveis. Com a utilização inteligente dos espaços haverá ainda redução de pessoal nas áreas de vigilância e limpeza. A secretaria trabalha para reduzir pelo menos R$ 20 milhões já no primeiro ano da nova gestão.

 

Deixe um comentário

Rolar para cima