Mais médicos terá menos brasileiros

gabrielpontesPor ,12/08/2013 às 18:34, Atualizado em 12/08/2013 às 18:34

 Como publicado na edição 106 (de 18 a 24 de maio) do Brasília Capital, o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, reafirmou, na quinta-feira (8), a baixa adesão de brasileiros ao Programa Mais Médicos. Padilha reforçou a necessidade de contratar profissionais estrangeiros para atender às necessidade dos municípios do interior e periferias das grandes cidades. Seis …

Mais médicos terá menos brasileiros Leia mais »

 Como publicado na edição 106 (de 18 a 24 de maio) do Brasília Capital, o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, reafirmou, na quinta-feira (8), a baixa adesão de brasileiros ao Programa Mais Médicos. Padilha reforçou a necessidade de contratar profissionais estrangeiros para atender às necessidade dos municípios do interior e periferias das grandes cidades.

Seis mil cubanos virão para o Brasil

Da demanda de 15.460 médicos para 3.511 municípios, apenas 938 (6%) concluíram o cadastro e devem começar a trabalhar em setembro. Cuba disponibilizou 6 mil médicos para o Ministério das Relações Exteriores. Também houve grande procura de profissionais da Espanha, de Portugal e da Argentina.

Deixe um comentário

Rolar para cima