Lula e presidente de Portugal se encontram em SP

BSB Capital 04/07/2022 às 11:35, Atualizado em 05/07/2022 às 16:06

O presidente português, Marcelo Rebelo de Sousa, comentou que Bolsonaro, irritado com esse encontro, desmarcou o almoço que teriam nesta segunda-feira (4/7)

Marcelo Rebelo de Sousa, presidente de Portugal e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Foto: Ricardo Stuckert

Da Redação

O pré-candidato à Presidência da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, se reuniram em São Paulo, nesse domingo (3/7). O encontro durou cerca de uma hora e meia e também contou com a presença do ex-ministro das Relações Exteriores diplomata Celso Amorim.

Lula, que não concedeu entrevista após a agenda, postou fotos e um vídeo pelas mídias sociais. Afirmou que “a situação política na Europa, na América Latina e a guerra na Ucrânia” figuraram entre os assuntos tratados.

O presidente português reforçou que o conflito no Leste Europeu foi um dos temas em pauta e voltou a comentar a notícia de que, ao saber do encontro entre ele e o petista, Bolsonaro, irritado, desmarcou o almoço previsto com o líder português, que seria nesta segunda-feira (4/7). Segundo Sousa, como ainda não recebeu uma comunicação oficial da suspensão do compromisso, passará o restante do tempo em São Paulo. “Houve um convite escrito, aceitei por escrito. Vou ficar no programa originário. Se até o começo da tarde não houver confirmação por escrito, fico por São Paulo”, disse.

Sousa negou que o episódio tenha potencial para ferir a relação entre os países. “Eu diria, como chefe de Estado, que não alterou nada nem no meu relacionamento com o chefe de Estado brasileiro, nem do Estado português com o Estado brasileiro, nem no relacionamento entre o povo português e o povo brasileiro”, afirmou.

Com informações do Correio Braziliense.

Leia mais em Brasília Capital

Deixe um comentário

Rolar para cima