Luiz Estevão quer comprar o Correio Braziliense  

bsbcapitalPor ,30/04/2015 às 19:20, Atualizado em 30/04/2015 às 19:20

O ex-senador Luiz Estevão, dono do Grupo OK, que cumpre pena de três anos e meio de prisão em regime semiaberto por fraude na obra do Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo, negocia com os Diários Associados a compra do Correio Braziliense. Vender o jornal pode ser a saída para a grave crise financeira …

Luiz Estevão quer comprar o Correio Braziliense   Leia mais »

Lancamento Timemania  11

O ex-senador Luiz Estevão, dono do Grupo OK, que cumpre pena de três anos e meio de prisão em regime semiaberto por fraude na obra do Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo, negocia com os Diários Associados a compra do Correio Braziliense. Vender o jornal pode ser a saída para a grave crise financeira em que se encontram os Associados.

Vítima da recessão

Caso o negócio se concretize, o Correio terá sido mais uma vítima da recessão econômica de Brasília imposta pelo governo Rodrigo Rollemberg, que tem anunciado seguidos cortes de investimentos e calotes nas dívidas com fornecedores. Ele continua atribuindo todos os problemas à gestão de seu antecessor, Agnelo Queiroz (PT).

Apostas erradas

As dificuldades financeiras também são creditadas às apostas erradas feitas pelos Diários Associados nas últimas eleições. Para presidente da República apoiou Aécio Neves (PSDB). Em Minas Gerais, jogou todas as fichas no também tucano Pimenta da Veiga, e no DF se aliou a José Roberto Arruda (PR), que acabou barrado pela Lei da Ficha Limpa.

Economia custará caro

A redução nos investimentos do governo em comunicação, que afeta todo o mercado, pode custar caro a Rollemberg. Caso Estevão assuma o comando do Correio, terá em mãos um fortíssimo instrumento para fazer oposição ao governo. Aliado da família Roriz, o bilionário terá força para influir na política local e pressionar o governo em questões de seu interesse.

Deixe um comentário

Rolar para cima