Luiz Estevão entra hoje com pedido para cumprir pena no Distrito Federal

bsbcapitalPor ,29/09/2014 às 10:12, Atualizado em 29/09/2014 às 10:12

O ex-senador Luiz Estevão vai entrar hoje com pedido à Justiça Federal de São Paulo para transferência para Brasília, onde pretende cumprir a pena de 3 anos e 6 meses pela condenação por crime de falsificação de documento público. O argumento dos advogados do empresário é de que a Lei de Execuções Penais estabelece o …

Luiz Estevão entra hoje com pedido para cumprir pena no Distrito Federal Leia mais »

O ex-senador Luiz Estevão vai entrar hoje com pedido à Justiça Federal de São Paulo para transferência para Brasília, onde pretende cumprir a pena de 3 anos e 6 meses pela condenação por crime de falsificação de documento público. O argumento dos advogados do empresário é de que a Lei de Execuções Penais estabelece o domicílio do sentenciado como o local mais adequado para o cumprimento da pena. Estevão foi preso na manhã de sábado, em casa, no Lago Sul, e encaminhado para a Superintendência da Polícia Federal, na zona oeste paulista. Hoje, deve ser transferido para um presídio.

No último sábado, advogados e amigos de Luiz Estevão juntaram documentação que comprova o endereço dele no Lago Sul, onde vive há quatro décadas. Na papelada, há também certidões que atestam o domicílio eleitoral no Distrito Federal, onde Estevão exerceu mandato de deputado distrital, entre 1995 e 1998. Ele tem também família na capital: a mulher, Cleucy, seis filhos e netos. Todos os documentos serão juntados ao pedido que será entregue à Justiça.

Caso seja atendido, Luiz Estevão será transferido para o Complexo Penitenciário da Papuda, onde permanecerá até que a Justiça autorize a liberação para o trabalho externo, no regime semiaberto. Segundo pessoas próximas de Estevão, os advogados o têm orientado a buscar um emprego em alguma empresa ou escritório fora do próprio grupo. Como ocorre, por exemplo, com o ex-ministro-chefe da Casa Civil José Dirceu, que cumpre pena por corrupção, pelo mensalão do PT, Estevão deverá, quando estiver em semiaberto, dormir no Centro de Progressão Penitenciária (CPP) e passar o dia no trabalho.

Deixe um comentário

Rolar para cima