Longe de ataque, turista ignora crise em Santa Catarina

bsbcapitalPor ,13/02/2013 às 7:06, Atualizado em 13/02/2013 às 7:06

Enquanto os moradores enfrentam as restrições no transporte público causadas pela onda de violência, os estimados 450 mil turistas que escolheram Florianópolis para o Carnaval praticamente ignoraram o transtorno.  Nenhum dos 22 ataques em Santa Catarina durante o Carnaval ocorreu em área turística, segundo a PM. Ao todo, foram 95 casos durante 14 dias, em …

Longe de ataque, turista ignora crise em Santa Catarina Leia mais »

Enquanto os moradores enfrentam as restrições no transporte público causadas pela onda de violência, os estimados 450 mil turistas que escolheram Florianópolis para o Carnaval praticamente ignoraram o transtorno. 
Nenhum dos 22 ataques em Santa Catarina durante o Carnaval ocorreu em área turística, segundo a PM. Ao todo, foram 95 casos durante 14 dias, em 30 dos 295 municípios. 
Os mais graves envolvem a queima de ônibus, interrompendo linhas e limitando os horários de circulação, e ataques a prédios públicos. 
Nos últimos dois dias foram quatro ataques. Em um deles, criminosos incendiaram um carro da Guarda Municipal de Tubarão.
Em Jurerê Internacional, a praia preferida pelos turistas paulistas, o clima ontem era de tranquilidade.
Uma concessionária expunha Ferraris e outros carros de luxo em estande no caminho para a praia, guardados por só um segurança. 
Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/
Sites e blogs.

Deixe um comentário

Rolar para cima