Liliane Roriz trabalha para derrubar veto de Rollemberg

bsbcapitalPor ,08/04/2015 às 17:14, Atualizado em 08/04/2015 às 17:14

A vice-presidente da Câmara Legislativa, deputada distrital Liliane Roriz (PRTB), começou a trabalhar para derrubar o veto do governador Rodrigo Rollemberg ao seu projeto de preservação da quadra 901 Norte. A parlamentar pretendia coibir modificações no potencial construtivo da quadra, um dos pontos mais discutidos na polêmica versão do Plano de Preservação do Conjunto Urbanístico …

Liliane Roriz trabalha para derrubar veto de Rollemberg Leia mais »

A vice-presidente da Câmara Legislativa, deputada distrital Liliane Roriz (PRTB), começou a trabalhar para derrubar o veto do governador Rodrigo Rollemberg ao seu projeto de preservação da quadra 901 Norte. A parlamentar pretendia coibir modificações no potencial construtivo da quadra, um dos pontos mais discutidos na polêmica versão do Plano de Preservação do Conjunto Urbanístico de Brasília (PPCUB), que é de autoria do governo passado. O veto está na pauta de votações da Câmara.

“Já tenho várias leis sancionadas ou promulgadas. Não é porque queria ser autora de mais uma lei. O que quero é que meu projeto, que nasceu fruto de muitas conversas com especialistas, juristas e, acima de tudo, defensores de Brasília, seja no mínimo respeitado. Porque ele reflete o que a população quer. E a população que ama Brasília não aceita que o plano de Lucio Costa, o tombamento de nossa cidade, a qualidade de vida de Brasília, não sejam respeitados, e que nossos espaços livres sejam entregues às empreiteiras”, disparou.

Na justificativa de veto, Rollemberg afirma que a iniciativa de legislar sobre ordenamento territorial cabe exclusivamente ao Executivo. A distrital disse estranhar o posicionamento do governo, uma vez que o projeto foi aprovado por unanimidade em todas as comissões da Casa. “O que pretendo é apenas ratificar o que já prevê o tombamento de Brasília. Enquanto esperamos um pronunciamento oficial do Buriti que deixe claro a postura do novo governo, vou lutar dentro da Câmara Legislativa para que esse veto seja derrubado e os distritais promulguem essa importante iniciativa”, adiantou. A parlamentar afirma que não pretende fazer queda de braço com o Buriti.

Deixe um comentário

Rolar para cima