Libertadores: Flamengo jogará no Mané. Com público

Gustavo PontesPor ,16/07/2021 às 9:39, Atualizado em 16/07/2021 às 9:39

Decreto do governador em exercício Paco Britto libera até 25% de ocupação das dependências do estádio

O governador em exercício, Paco Britto, assinou decreto na quinta-feira (15) liberando a presença de público em eventos esportivos profissionais no Distrito Federal. A decisão favoreceu a transferência do jogo entre Flamengo e Defensa Y Justicia, na quarta-feira (21), pelas oitavas de final da Copa Libertadores. O estádio Mané Garrincha receberá 25% de sua capacidade – cerca de 18 mil espectadores. O documento publicado no Diário Oficial do DF tem 21 itens.

O protocolo da Conmebol, que liberou a presença de torcedores nos estádios desde que tivesse o aval das autoridades locais, indica que apenas pessoas com as duas doses da vacina contra a covid-19, ou com uma dose da Janssen, após 15 dias da imunização completa, poderão frequentar o estádio. A entidade também pede para que pessoas com comorbidades e gestantes fiquem em casa. Organizadores da partida serão responsáveis pela fiscalização de cartões de vacinação e testes, e podem receber multas de até R$ 100 mil em casos de descumprimento.

Além disso, o clube rubro-negro teve de negociar com o Defensa y Justicia. Pelo regulamento da Libertadores, é preciso obter o aval do adversário para alterar o local original dos jogos, que, no caso, era no Maracanã. Havia negociação de compensação financeira. O Defensa aceitou. Na primeira partida, sem público, o Flamengo venceu fora de casa, na Argentina, e joga pelo empate para avançar para as quartas de final.

Gama – Com a decisão da Conmebol, outros clubes se mobilizam para ter torcida. Houve um plano do Cerro Porteño de ter público contra o Fluminense, mas não houve tempo. Os clubes brasileiros jogam sem torcida desde março de 2020 quando a temporada foi paralisada por conta da pandemia de coronavírus. A liberação é restrita aos jogos de futebol de competições profissionais.

O Gama também poderá ser beneficiado com a medida. O time alviverde receberá o Goianésia pela sétima rodada da Série D do Campeonato Brasileiro. Em principio, a diretoria planeja o jogo com portões fechados. A justificativa é de que não há tempo para a Arena BSB, concessionária responsável pela administração do estádio, liberar as arquibancadas.

Deixe um comentário

Rolar para cima