Argentino Leon Ferrari lança exposição no CCBB

bsbcapitalPor ,08/05/2015 às 15:31, Atualizado em 08/05/2015 às 15:31

Provocador, original, inventivo. O argentino León Ferrari foi um dos artistas que mais herdou o espírito transgressor e resistente das vanguardas do século XX. Agora, um pouco da obra deste que é considerado um dos maiores nomes das artes plásticas contemporâneas (Ferrari foi apontado pelo jornal The New York Times como um dos cinco artistas mais provocadores …

Argentino Leon Ferrari lança exposição no CCBB Leia mais »

L_on_Ferrari
León Ferrari preza pelo espírito combativo e resistente das vanguardas do último século. Foto: Divulgação

Provocador, original, inventivo. O argentino León Ferrari foi um dos artistas que mais herdou o espírito transgressor e resistente das vanguardas do século XX. Agora, um pouco da obra deste que é considerado um dos maiores nomes das artes plásticas contemporâneas (Ferrari foi apontado pelo jornal The New York Times como um dos cinco artistas mais provocadores e mais importantes do mundo) estará ao alcance do espectador brasiliense na Galeria 2 do Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB). Confira abaixo a prévia da exposição.

A exposição León Ferrari – Resistências e  Transgressões poderá ser vista de 13 de maio a 13 de julho, sempre de quarta a segunda-feira, das 9h às 21h. Entrada franca. O evento comemora a Data Nacional da Argentina, celebrada no dia 25 de maio, quando se recorda a Revolução de Maio de 1810.

León Ferrari talvez tenha sido um dos artistas que, nas últimas décadas, na Argentina (seu país de origem) e no Brasil (onde viveu por anos), melhor herdou o espírito combativo e resistente das vanguardas do último século. Seus trabalhos investem contra as diversas formas de repressão à liberdade, além de posicionar-se, de maneira crítica e irônica, frente a alienação da sociedade contemporânea.

A exposição

É difícil permanecer indiferente à obra de Ferrari, falecido em 2013, aos 92 anos de idade. Seus trabalhos sempre investiram contra as diversas formas de repressão à liberdade e se posicionaram, de maneira crítica e irônica, diante da alienação da sociedade contemporânea, da guerra e da intolerância.

A exposição León Ferrari – Resistências e  Transgressões traz um recorte da obra do artista que sempre colocou em xeque o papel do Estado e da Igreja. Estarão expostas 52 obras produzidas entre os anos de 1976 e 1984, período em que, fugindo da ditadura militar na Argentina, Ferrari viveu em São Paulo. Segundo diversos testemunhos de artistas, sua passagem enriqueceu as artes plásticas brasileiras.

Ao chegar ao País, León Ferrari ligou-se a um grupo de artistas que o instigou à experimentação de novos modos de fazer arte: desde desenhar com materiais convencionais, como nanquim, grafite, crayon, canetas esferográficas, tinteiro e carimbo até utilizar modos de impressão em heliografia, serigrafia, fotocópia, microficha, videotexto e offset.

Neste grande ensaio de linguagens artísticas, ele retoma experiências conceituais iniciadas na década de 1960, com esculturas em arame, escrituras indecifráveis que criam novas propostas para linguagens tradicionais como o desenho e a gravura, plantas arquitetônicas e várias outras propostas. Em comum, a reelaboração intelectual na busca da construção de um novo sentido para a imagem, diferente do original.

Serviço

Abertura: 13/05 a 13/07

Horário: 9h às 21h

Entrada Franca

Leon Ferrari – CCBB

 


Leia Mais:

 

imageBanda U2 faz show surpresa em metrô de Nova York. Veja o vídeo!


Por umas milhas a mais: tudo o que você precisa saber na hora de acumular e trocar


Deixe um comentário

Rolar para cima