Legislação “hipócrita”

BSB Capital 30/05/2014 às 17:46, Atualizado em 30/05/2014 às 17:46

Um especialista em direito eleitoral avaliava na semana passada como “hipócrita” a legislação eleitoral brasileira. Dizia o jurista, pedindo reserva de seu nome, que só o TSE e os TREs não vêm que as campanha sucessórias para presidente e para governadores já está nas ruas. “Ninguém cai de paraquedas para concorrer a um cargo eletivo …

Legislação “hipócrita” Leia mais »

Um especialista em direito eleitoral avaliava na semana passada como “hipócrita” a legislação eleitoral brasileira. Dizia o jurista, pedindo reserva de seu nome, que só o TSE e os TREs não vêm que as campanha sucessórias para presidente e para governadores já está nas ruas. “Ninguém cai de paraquedas para concorrer a um cargo eletivo e se apresentar como candidato em apenas três meses”, diz ele.

 

Campanha fora de época

De fato, a reportagem do Brasília Capital acompanhou – e fotografou – vários encontros claramente políticos nos últimos dias. São pré-candidatos chamando “amigos” para “festas de aniversário” ou para “reuniões”. Uns distribuem convites gratuitos, mas outros chegam a cobrar “ingressos de adesão”, sob a justificativa de que precisam de dinheiro para a campanha.

 

Justiça cega

Mas todos eles, indistintamente, distribuem farto material de propaganda política disfarçada. E, como diz o nosso jurista, só a Justiça eleitoral não vê.

Deixe um comentário

Rolar para cima