Laudo confirma que universitário morreu de coma alcoólico em festa em SP

bsbcapitalPor ,01/04/2015 às 14:29, Atualizado em 01/04/2015 às 14:29

O estudante mineiro Humberto Moura Fonseca, de 23 anos, que morreu de coma alcoólico em 28 de fevereiro deste ano, após participar de um concurso para ver quem bebia mais, tinha 4,6 gramas de álcool por litro de sangue. A informação está contida no laudo do exame toxicológico, divulgado nesta terça-feira pela Polícia Civil paulista. …

Laudo confirma que universitário morreu de coma alcoólico em festa em SP Leia mais »

O estudante mineiro Humberto Moura Fonseca, de 23 anos, que morreu de coma alcoólico em 28 de fevereiro deste ano, após participar de um concurso para ver quem bebia mais, tinha 4,6 gramas de álcool por litro de sangue. A informação está contida no laudo do exame toxicológico, divulgado nesta terça-feira pela Polícia Civil paulista. Segundo a Sociedade Brasileira de Toxicologia, a partir de 3 gramas de álcool por litro de sangue a pessoa já pode ter confusão mental e perda da consciência.

Segundo o delegado Kleber Granja, que preside o inquérito sobre o caso, o exame servirá para embasar o inquérito, que corre em segredo de Justiça ainda não foi concluído. Outro inquérito, civil, tramita no Ministério Público.

Há ainda uma sindicância aberta pela Unesp para punir os estudantes infratores, que também não foi concluída. A festa, da Universidade Estadual de São Paulo, ocorreu em Bauru, no interior do estado.

Deixe um comentário

Rolar para cima