Justiça concede indenização a família de Amarildo

BSB Capital13/06/2016 às 8:59, Atualizado em 09/07/2016 às 3:46

  A juíza Maria Paula Gualhardo, da 4° Vara de Fazenda Pública do Rio de Janeiro, condenou o estado a pagar a sete integrantes da família do ajudante de pedreiro, Amarildo da Silva, pelo desaparecido em 2013, após ser conduzido por políciais militares para as dependências da UPP da Rocinha. A justiça determinou a indenização da seguinte forma: a viúva …

Justiça concede indenização a família de Amarildo Leia mais »

 

ENTERRO SIMBÓLICO DO PEDREIRO AMARILDO DE SOUZA NA ROCINHA
Foto: Fernando Frazão/ Agência Brasil

A juíza Maria Paula Gualhardo, da 4° Vara de Fazenda Pública do Rio de Janeiro, condenou o estado a pagar a sete integrantes da família do ajudante de pedreiro, Amarildo da Silva, pelo desaparecido em 2013, após ser conduzido por políciais militares para as dependências da UPP da Rocinha. A justiça determinou a indenização da seguinte forma: a viúva Elizabete Gomes vai recebere R$ 500 mil, além de uma pensão de 2/3 do salário mínimo, até os 68 anos, e aos seus filhos até completarem 25 anos. Pela decisão, a mãe de criação e dois irmãos de Amarildo devem receber R$ 100 mil cada.

 


Lâmpadas incandescentes não serão mais vendidas no país a partir do fim do mês


Abaixo-assinado contra motorista é encontrado em mochila de vítima


Deixe um comentário

Rolar para cima