Irã buscou armas com a ditadura brasileira

bsbcapitalPor ,04/03/2013 às 14:14, Atualizado em 04/03/2013 às 14:14

Um conjunto de documentos confidenciais do Comando da Marinha revela que a ditadura brasileira se aproximou do Irã do aiatolá Khomeini, fundador da República Islâmica, em plena guerra Irã-Iraque (1980-1989). Os papéis estão sob controle do arquivo do Comando da Marinha. A Folha revelou ontem que pelo menos seis ministérios e as três Forças retêm milhares de páginas …

Irã buscou armas com a ditadura brasileira Leia mais »

Um conjunto de documentos confidenciais do Comando da Marinha revela que a ditadura brasileira se aproximou do Irã do aiatolá Khomeini, fundador da República Islâmica, em plena guerra Irã-Iraque (1980-1989).

Os papéis estão sob controle do arquivo do Comando da Marinha. A Folha revelou ontem que pelo menos seis ministérios e as três Forças retêm milhares de páginas da ditadura militar (1964-1985).

Os documentos demonstram que a ditadura recebeu emissários do primeiro escalão do governo iraniano para uma visita a cerca de 40 fábricas no Brasil, quase todas de armamentos militares.

Fonte: Folha Online

Sites e Blogs

Deixe um comentário

Rolar para cima