Índice usado para reajustar aluguel recua 0,74% em junho, diz FGV

BSB Capital 27/06/2014 às 9:35, Atualizado em 27/06/2014 às 9:35

O Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M), usado para reajustar a maioria dos contratos de aluguel de imóveis, recuou 0,74% em junho, acima da queda de 0,13% no mês anterior, segundo a Fundação Getulio Vargas (FGV). Em junho do ano passado, o índice havia avançado 0,75%. No ano, até junho, a variação acumulada é …

Índice usado para reajustar aluguel recua 0,74% em junho, diz FGV Leia mais »

O Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M), usado para reajustar a maioria dos contratos de aluguel de imóveis, recuou 0,74% em junho, acima da queda de 0,13% no mês anterior, segundo a Fundação Getulio Vargas (FGV).

Em junho do ano passado, o índice havia avançado 0,75%. No ano, até junho, a variação acumulada é de 2,45% e, em 12 meses, de 6,24% – o valor está dentro da meta da meta de inflação do Banco Central, de 6,5%.

Usado no cálculo do IGP-M, o Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA), que mede os preços no atacado, teve baixa de 1,44%, acima da verificada em maio, de -0,65%.

Conhecido como “inflação do varejo”, o Índice de Preços ao Consumidor (IPC), que também entra no cálculo do IGP-M, registrou variação de 0,34% em junho, ante 0,68%, em maio, com principal contribuição partindo do grupo alimentação (de 0,81% para 0,03%).

Terceiro indicador usado no cálculo do IGP-M, o Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) registrou em junho variação de 1,25%, abaixo do resultado de maio, de 1,37%. O índice relativo a materiais, equipamentos e serviços desacelerou de 0,47% para 0,37%.

Nesta quinta-feira (26), o Banco Centralaumentou sua estimativa para a inflação oficial de 2014. A expectativa para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), a inflação oficial do país, deste ano passou de 6,1% a 6,2% para 6,4%. Para o ano que vem, a previsão para o comportamento da inflação subiu de 5,5% para um valor entre 5,7% e 6%, dependendo do cenário considerado.

Mesmo com o aumento, a previsão de inflação do Banco Central ainda está um pouco abaixo do que estima o mercado financeiro. Para este ano, os economistas dos bancos esperam que o IPCA avance para 6,46% e que chegue a 6,1% em 2015.

O Banco Central também admitiu nesta quinta-feira que aumentou a chance de o IPCA deste ano ficar acima do teto de 6,5% do sistema de metas de inflação. Em março, a chance de acontecer o chamado “estouro” da meta de inflação estava entre 38% e 40%. No documento divulgado nesta quinta, o BC informou que essa possibilidade passou para um valor entre 46% e 48%.

1 comentário em “Índice usado para reajustar aluguel recua 0,74% em junho, diz FGV”

  1. Tanto Fernndez como Urribarri se suman the la larga lista de candidatos presidenciales qui existe en el seno andel oficialismo, scam el gobernador de la provincia de Buenos Aires, Daniel Scioli, el primero a anunciar sus intenciones tras alejarse andel “ncleo duro” andel kirchnerismo.
    [url=http://www.blossomassociati.it/]Hermes Borse[/url]
    Hermes Borse

Deixe um comentário

Rolar para cima