Hospital São Francisco é vendido por R$ 330 milhões

gabrielpontesPor ,03/01/2022 às 16:46, Atualizado em 03/01/2022 às 16:46

Hospital particular da Ceilândia será gerido pelo mesmo grupo que comprou o Anchietta, em Taguatinga

Reformado e com novo dono. Assim começou o ano do Hospital São Francisco, em Ceilândia. A unidade de saúde foi vendida para o grupo Kora Saúde por R$ 330 milhões. Deste valor, R$ 250 milhões serão pagos no fechamento da operação e outros R$ 80 milhões parcelados em cinco anos.

No Distrito Federal, o grupo Kora adquiriu recentemente o Hospital Anchietta, em Taguatinga. Sendo assim, a empresa diz que se consolida como líder em número de leitos nas cidades satélite do Distrito Federal, chegando a 450 leitos sob gestão na região.

hospital são francisco
Projeto de reforma do hospital São Francisco, que foi concluída no final do ano.

Novo Hospital São Francisco

A compra inclui todos os imóveis do Hospital São Francisco, assim como áreas adjacentes para futuras expansões. Em nota, o grupo Kora informa aos acionistas sobre a operação, mas afirma que o fechamento “está sujeito ao cumprimento de certas condições precedentes usuais para operações da mesma natureza”.

Fundado em 1994, o Hospital São Francisco tem capacidade instalada para 179 leitos, sendo 90 atualmente operacionais e outros 89 que serão entregues ao longo de 2022. O hospital é referência em alta complexidade para a região de Ceilândia, no Distrito Federal.

Leia íntegra da nota do Grupo Kora

“Kora Saúde Participações S.A. (“Kora” ou “Companhia”) (B3: KRSA3), em atendimento ao parágrafo 4o do artigo 157 da Lei no 6.404/76 e à Resolução CVM 44/21, comunica aos seus acionistas e ao mercado em geral que, em 31 de dezembro de 2021, a Itapuã Participações Ltda., controlada da Companhia, celebrou um contrato de compra e venda para a aquisição de 100% das ações representativas do capital social da Serviços Hospitalares Yuge S.A. (“Hospital São Francisco”), localizada em Ceilândia, no Distrito Federal, incluindo todos os imóveis da companhia, bem como as áreas adjacentes para futuras expansões (“Operação”).

A Companhia assumiu a obrigação de pagar aos vendedores o preço de aquisição de R$330.000.000,00 (trezentos e trinta milhões de reais), sendo R$250.000.000,00 (duzentos e cinquenta milhões de reais) no fechamento da Operação e R$80.000.000,00 (oitenta milhões de reais) em até 5 anos. O fechamento da Operação está sujeito ao cumprimento de certas condições precedentes usuais para operações da mesma natureza.

Fundado em 1994, o Hospital São Francisco possui capacidade instalada para 179 leitos, sendo 90 leitos atualmente operacionais e outros 89 leitos de expansão que serão entregues ao longo de 2022. O Hospital São Francisco conta com uma terapia intensiva (UTI) completa com unidades adulta, pediátrica e neonatal, 5 salas de cirurgia e 42 consultórios ocupados por diversas especialidades médicas, laboratório, hemodinâmica, radiologia completa e ala de maternidade. Com isso, o Hospital São Francisco é referência em alta complexidade para toda região de Ceilândia, no Distrito Federal, que é densamente povoada, sendo a mais populosa de todo o Distrito Federal com aproximadamente 400.000 habitantes.

A aquisição do HSF é estratégica, dado que permite à Companhia se consolidar como líder em número de leitos nas cidades satélites do Distrito Federal, com aproximadamente 450 leitos sob gestão.

A Companhia manterá ainda o mercado informado dos desdobramentos relevantes a respeito da Operação”.

Leia mais no Brasília Capital

Deixe um comentário

Rolar para cima