GDF terá que fechar lixão em Brazlândia, sob pena de multa de R$ 1,2 milhão

bsbcapitalPor ,16/05/2016 às 11:55, Atualizado em 09/07/2016 às 3:39

A Justiça concedeu uma liminar para a desativação do depósito irregular de lixo implantado na Vila São José, em Brazlândia. A decisão favorece a Promotoria de Defesa do Meio Ambiente (Prodema) do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT). Agora, o GDF terá 30 dias para retirar os resíduos sólidos do local e dar …

GDF terá que fechar lixão em Brazlândia, sob pena de multa de R$ 1,2 milhão Leia mais »

PICT0028
Lixão de Brazlândia

A Justiça concedeu uma liminar para a desativação do depósito irregular de lixo implantado na Vila São José, em Brazlândia. A decisão favorece a Promotoria de Defesa do Meio Ambiente (Prodema) do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT). Agora, o GDF terá 30 dias para retirar os resíduos sólidos do local e dar a destinação correta aos entulhos acumulados no local.

O GDF também deverá fiscalizar a área para evitar a criação de novos depósitos irregulares de lixo. Se a decisão não for cumprida, será aplicada multa diária de R$ 30 mil a R$ 1,2 milhão. A decisão é da Vara do Meio Ambiente, Desenvolvimento Urbano e Fundiário do Tribunal de Justiça do DF e Territórios (TJDFT). Para evitar novos descartes clandestinos, em até 90 dias, a área deverá ser cercada e placas indicativas da proibição deverão ser colocadas.

A Administração Regional de Brazlândia improvisou o aterro no interior da Área de Proteção Ambiental (APA) do Rio Descoberto e sem licença ambiental. O local fica a apenas 20 metros de distância do manancial do Barrocão, que fornece água à cidade. A Prodema ressaltou o risco de contaminação do manancial e o perigo à saúde pública que o descarte de lixo como pneus representa para a região, que registra o maior número de casos de dengue no Distrito Federal.

Limpeza

Moradores da região e a associação de produtores rurais Pró-Descoberto, que são parceiros da Prodema em ações de preservação do meio ambiente no Projeto Descoberto Coberto, informaram à promotora de Justiça Marta Eliana de Oliveira, titular da 3ª Prodema, que o Serviço de Limpeza Urbana (SLU), em 9 de maio, promoveu a limpeza da área.

Com informações do MPDFT.

 


Escola Técnica de Brasília abre 1.280 vagas


Detran oferece curso para condutores que têm medo de dirigir


Zoológico de Brasília trará Parque dos Dinossauros para o DF


 

 

Deixe um comentário

Rolar para cima