GDF, STJ e Ministério da Saúde são vítimas de hackers

bsbcapitalPor ,05/11/2020 às 19:05, Atualizado em 05/11/2020 às 19:07

Sistemas dos órgãos estão fora do ar. Em alguns casos, até telefones foram atingidos pelos invasores

Os sistemas de informática do Governo do Distrito Federal (GDF), do Superior Tribunal de Justiça (STJ) e do Ministério da Saúde estão fora do ar nesta quinta-feira (5) devido ataques hackers. Em alguns casos, até os telefones fixos das repartições públicas foram invadidos e pararam de funcionar. Outros órgãos também identificaram tentativas de ataque, mas conseguiram evitar.

No Distrito Federal, a Secretaria de Economia divulgou nota em que identificou uma tentativa de ataque hoje, com uma ação para invadir os sistemas do governo. No comunicado, a pasta informou que está adotando protocolos de segurança para impedir a continuidade dos incidentes e restabelecer o serviço. Serviços como a Agência Brasília, que publica notícias do governo, foram tirados do ar pelos invasores.

O Superior Tribunal de Justiça também foi alvo de um ataque cibernético. Uma pessoa teria criptografado todo o banco de dados da instituição e estaria pedindo resgate. O tribunal está trabalhando em regime de plantão e suspendeu todos as sessões.

Já o sistema do Ministério da Saúde também saiu do ar. De acordo com nota enviada a jornalistas, acesso à internet, contas de e-mail e telefones fixos deixaram de funcionar. O site aparentemente não foi afetado e continua no ar.

Ainda de acordo com a pasta, a equipe técnica do Departamento e informática do Sistema Único de Saúde está investigando o que ocorreu e trabalhando para restabelecer os serviços de informática e telecomunicações do órgão.

Com informações da Agência Brasil

Deixe um comentário

Rolar para cima