Flamengo bate o Corinthians nos pênaltis e é campeão da Copa São Paulo

bsbcapitalPor ,25/01/2016 às 13:55, Atualizado em 09/07/2016 às 3:45

Em uma final emocionante, decidida apenas nos pênaltis, o Flamengo derrotou o Corinthians no Pacaembu e conquistou a Copa São Paulo. Foi o terceiro título rubro-negro na competição – o clube havia vencido também em 1990 e 2011. O Timão abriu 2 a 0 no primeiro tempo e o Fla reagiu depois do intervalo. Nos …

Flamengo bate o Corinthians nos pênaltis e é campeão da Copa São Paulo Leia mais »

201601251129177075.jpg-GM42IG3MF.1

Em uma final emocionante, decidida apenas nos pênaltis, o Flamengo derrotou o Corinthians no Pacaembu e conquistou a Copa São Paulo. Foi o terceiro título rubro-negro na competição – o clube havia vencido também em 1990 e 2011. O Timão abriu 2 a 0 no primeiro tempo e o Fla reagiu depois do intervalo. Nos pênaltis, o goleiro Thiago fez duas defesas, Matheus Pereira jogou por cima do travessão e Patrick converteu a cobrança que garantiu o título rubro-negro.

O Corinthians abriu o placar em sua primeira chegada ao ataque, aosa 19 minutos. Léo Príncipe cruzou da direita, Gabriel Vasconcelos ajeitou de costas para o gol, girou e bateu no cantinho esquerdo do goleiro Thiago. Aos 25, Matheus Pereira recebeu pela esquerda e bateu cruzado, de primeira, para fazer 2 a 0.

A reação do Flamengo veio em apenas sete minutos do segundo tempo. Aos três, após cobrança de escanteio da esquerda, Trindade apareceu livre na pequena área para cabecear e descontar. Aos sete, em contra-ataque rápido, Cafú deu passe na medida para Matheus Sávio bater cruzado e fazer 2 a 2.

Antes, logo no primeiro minuto da segunda etapa, Lucas Paquetá teve um gol mal anulado, por impedimento, após cobrança de escanteio.

Nos minutos finais a partida foi paralisada após a torcida do Corinthians ter acendido dezenas de sinalizadores na arquibancada. Recomeçado, o jogo seguiu empatado e a decisão foi para os pênaltis.

Aí brilhou a estrela do goleiro Thiago, que defendeu as cobranças de Gabriel Vasconcelos e Claudinho. Matheus Pereira tentou dar uma cavadinha e jogou por cima do travessão. Pelo Fla, Kleber e Thiago desperdiçaram, mas Patrick bateu bem e deu início à festa rubro-negra no Pacaembu.

 


Rio 2016 coloca à venda mais 500 mil ingressos para Jogos Olímpicos


Com elenco renovado, Fluminense deve jogar em Brasília ainda em janeiro


Fifa demite o secretário-geral Jérôme Valcke


 

Deixe um comentário

Rolar para cima