Fifa licencia mais um sistema de tecnologia para linha do gol

bsbcapitalPor ,26/02/2013 às 13:00, Atualizado em 26/02/2013 às 13:00

Concorrência para adotar sistema a ser usado também na Copa será aberta em abril Terry tira a bola de dentro do gol contra a Ucrânia na Eurocopa: tecnologia para acabar com erros (Sergei Supinski/AFP) A Fifa anunciou nesta segunda-feira que aprovou e licenciou mais um sistema eletrônico para verificar se a bola ultrapassou a linha do …

Fifa licencia mais um sistema de tecnologia para linha do gol Leia mais »

Concorrência para adotar sistema a ser usado também na Copa será aberta em abril

Terry tira a bola do gol no chute do ucraniano na Eurocopa: lance decisivo que o auxiliar da linha de fundo não viu

Terry tira a bola de dentro do gol contra a Ucrânia na Eurocopa: tecnologia para acabar com erros (Sergei Supinski/AFP)
A Fifa anunciou nesta segunda-feira que aprovou e licenciou mais um sistema eletrônico para verificar se a bola ultrapassou a linha do gol. O Cairos, criado pela empresa alemã de mesmo nome, se junta ao Hawk-Eye e o GoalRef  na lista de sistema aprovados pela entidade e que poderão ser utilizados na Copa das Confederações, em junho, no Brasil. A entidade anunciou na semana passada que vai adotar um sistema tanto na competição deste ano quanto na Copa do Mundo de 2014, e que a concorrência será aberta em abril.
O Cairos utiliza uma tecnologia de campo magnético que verifica a entrada da bola e informa ao árbitro se o lance realmente foi gol. A avaliação da Fifa foi feita em testes no estádio Wildpark, do Kalsruhe, e no centro de treinamento do Mutschelbach, clubes das divisões inferiores da Alemanha, e tiveram resultados satisfatórios. A Fifa já testou os dois outros sistemas no último Mundial de Clubes, no Japão, mas em nenhum deles houve lances polêmicos e que exigissem a atuação direta do auxílio tecnológico – que foi aprovado pela International Board, e entidade que cuida das regras do futebol, no meio do ano passado.
Fonte: Veja Online
Sites e Blogs

Deixe um comentário

Rolar para cima