Festa na Granja termina em arrastão. Pessoas ficaram sem celular e dinheiro

BSB Capital 23/06/2014 às 9:08, Atualizado em 23/06/2014 às 9:08

Não foi apenas o ingresso que saiu caro para adolescentes que estavam em uma festa paga na Granja do Torto, no sábado. Dezenas de jovens tiveram celulares, documentos e dinheiro roubados ou furtados. Os bandidos chegaram a bater em algumas vítimas e ameaçar outras com facas, segundo testemunhas. Ontem, os casos chegaram aos montes na …

Festa na Granja termina em arrastão. Pessoas ficaram sem celular e dinheiro Leia mais »

Não foi apenas o ingresso que saiu caro para adolescentes que estavam em uma festa paga na Granja do Torto, no sábado. Dezenas de jovens tiveram celulares, documentos e dinheiro roubados ou furtados. Os bandidos chegaram a bater em algumas vítimas e ameaçar outras com facas, segundo testemunhas. Ontem, os casos chegaram aos montes na 2ª Delegacia de Polícia (Asa Norte). Até o fim da tarde, foram 13 ocorrências. Alguns pais de jovens abordados disseram que vão processar a organização do evento, a quem acusam de negligenciar a segurança dos convidados.

A Polícia Civil afirmou ter prendido dois homens em flagrante na festa. Além de um telefone roubado, a dupla tinha um soco inglês. Eles serão indiciados por roubo qualificado, pelo uso de arma e concussão de agentes. Além disso, outros três suspeitos do arrastão foram levados à delegacia pela organização do evento com duas mochilas cheias de aparelhos. Um deles ficou detido porque havia um mandado de apreensão em aberto, de quando ele era menor de idade. Os outros dois acabaram liberados após assinar um termo circunstanciado.

O filho de 16 anos da advogada Raquel* foi abordado por seis homens perto do palco por volta de 21h. Eles levaram o celular e a carteira do garoto. Ele não reagiu mas, ainda assim, levou um soco no nariz. “Paguei caro no ingresso para o meu filho, R$ 220. Imaginei que tivesse segurança. Vou processar a produtora da festa. Eles têm toda responsabilidade sobre isso”, afirmou a moradora do Núcleo Bandeirante.

Deixe um comentário

Rolar para cima