Felipe Gonzáles faz alerta sobre ‘sinais de intolerância’, no Brasil

bsbcapitalPor ,23/06/2015 às 8:02, Atualizado em 23/06/2015 às 8:02

“Fico preocupado porque o Brasil é um país de tolerância, de convivência”, afirmou o ex-primeiro-ministro da Espanha Felipe González, em um evento realizado em São Paulo junto com o ex-presidente Lula; segundo o colunista Kennedy Alencar, ele insistiu no “diálogo” como a forma de solucionar conflitos na democracia   Em um evento realizado em São …

Felipe Gonzáles faz alerta sobre ‘sinais de intolerância’, no Brasil Leia mais »

felipe-gonzalez-efe--644x362“Fico preocupado porque o Brasil é um país de tolerância, de convivência”, afirmou o ex-primeiro-ministro da Espanha Felipe González, em um evento realizado em São Paulo junto com o ex-presidente Lula; segundo o colunista Kennedy Alencar, ele insistiu no “diálogo” como a forma de solucionar conflitos na democracia
 

Em um evento realizado em São Paulo junto com o ex-presidente Lula, o ex-primeiro-ministro da Espanha Felipe González disse que vê com preocupação “sinais de intolerância” no Brasil. “Fico preocupado porque o Brasil é um país de tolerância, de convivência”, afirmou.

Segundo o colunista Kennedy Alencar, ele insistiu no “diálogo” como a forma de solucionar conflitos na democracia.

Em uma avaliação sobre o cenário espanhol, disse que a esquerda perdeu o poder no seu país porque fez transformações sociais, mas manteve um discurso antigo.

Já o ex-presidente Lula disse que é necessária uma revolução no PT. Segundo ele, o partido perdeu a utopia. Ou seja, a capacidade de inspirar sonhos

Leia mais:


Maioridade penal aos 16 tem apoio de nove em cada dez brasileiros, diz Datafolha


A indústria das multas


Deixe um comentário

Rolar para cima