Felipão destaca poder de reação dos jogadores do Brasil após vitória sobre a Croácia

BSB Capital 12/06/2014 às 22:53, Atualizado em 12/06/2014 às 22:53

ão Paulo – O técnico Luiz Felipe Scolari gostou da estreia do Brasil não só pela vitória, mas sobretudo pela forma como ela foi construída. Principalmente pelo fato da seleção ter saído atrás do marcador pela primeira vez sob o seu comando e conseguido virar o placar. Para Felipão, o elenco brasileiro sai mais maduro …

Felipão destaca poder de reação dos jogadores do Brasil após vitória sobre a Croácia Leia mais »

ão Paulo – O técnico Luiz Felipe Scolari gostou da estreia do Brasil não só pela vitória, mas sobretudo pela forma como ela foi construída. Principalmente pelo fato da seleção ter saído atrás do marcador pela primeira vez sob o seu comando e conseguido virar o placar. Para Felipão, o elenco brasileiro sai mais maduro da partida contra a Croácia. O treinador também ressaltou o comportamento da torcida paulista, segundo ele também determinante para o resultado.

“Os jogadores foram excelentes hoje. Principalmente no sentido de mudar o resultado e mesmo com a juventude assimilar a pressão de ter levado um gol logo no início. Também de parabéns está a torcida. O comportamento dela foi maravilhoso, fantástico, diferente de tudo o que as pessoas podiam imaginar. Se existia uma história de que São Paulo não torcia para a seleção de forma evulsiva, isso não existe mais”, decretou o treinador brasileiro.

“Uma das coisas que a crônica sempre esperava e tinha dúvidas era a respeito do poder de reação desse grupo. E jogando fora dos padrões normais por ser uma estreia de Copa do Mundo, no Brasil, podemos dizer que evoluímos um pouco nesse sentido e saímos mais experientes para o futuro”, completou. O treinador também, além de elogiar Neymar, eleito o craque do jogo pela Fifa, também destacou o papel do meia Oscar, que participou diretamente dos dois primeiros gols do Brasil. “O Oscar foi o nosso jogador que mais roubou bolas e que mais criou pelo lado direito. O Oscar é esse jogador, ele não desamprende da noite para o dia. A dúvida da minha parte nunca existiu. Além do Neymar, se tivesse um segundo prêmio para jogador da partida esse seria do Oscar. Ele é um menino puro, bonzinho é o filho que todo pai queria ter. Não tem mágoa de ninguém”, completou Felipão, antes de fazer uma revelação.

“Antes do jogo e disse a ele ‘não se esqueça que você está me devendo um gol. E depois do jogo ele veio a mim e disse que tinha pago a dívida”, destacou Felipão, lembrando do gol do meia, que fechou a vitória brasileira.

Arbitragem

Sobre a arbitragem, Felipão, ao contrário do técnico da Croácia, Nico Kovac, concordou que o lance em cima de Fred, que originou o segundo gol do Brasil, foi mesmo pênalti. O comandante da seleção ainda deu uma cutucada no companheiro de profissão que disse que se os árbitros continuarem a beneficiar o Brasil, a Copa irá virar um “circo”. “Entendo e respeito a posição dele. Acho que foi pênalti, mas se tivesse do outro lado provavelmente teria a mesma posição que ele. Não vou comentar as declarações do meu companheiro, Mas só digo que temos cinco títulos mundiais, Então temos cinco circos.”20140612204523567296e

Deixe um comentário

Rolar para cima