Família anuncia terceira morte por dengue hemorrágica no DF este ano

bsbcapitalPor ,12/02/2016 às 12:52, Atualizado em 09/07/2016 às 3:40

A dengue pode ter causado a terceira morte na capital federal este ano. A família de Erotides Dias da Costa, morador da zona rural de Brazlândia, afirma que o homem morreu em decorrência de complicações da forma hemorrágica da infecção. Nas redes sociais, o filho, Evandro Mendes e a nora, Cidalina Cardoso, compartilharam mensagens lamentando …

Família anuncia terceira morte por dengue hemorrágica no DF este ano Leia mais »

A dengue pode ter causado a terceira morte na capital federal este ano. A família de Erotides Dias da Costa, morador da zona rural de Brazlândia, afirma que o homem morreu em decorrência de complicações da forma hemorrágica da infecção. Nas redes sociais, o filho, Evandro Mendes e a nora, Cidalina Cardoso, compartilharam mensagens lamentando a perda do parente.

Erotides estava internado há menos de uma semana na unidade de terapia intensiva (UTI) do Hospital Anchieta, em Taguatinga Sul. Segundo familiares, ele teve uma parada cardíaca na madrugada desta sexta-feira (12/2) e a equipe médica não conseguiu reanimá-lo.

Brazlândia é a cidade do Distrito Federal com o maior número de casos confirmados de dengue – são 301 notificações, 28% do total do DF. Lá moravam as duas pessoas mortas em função de dengue hemorrágica. Uma delas é Maria Cristina Santana Natal, cunhada do vice-governador, Renato Santana.

O Correio entrou em contato com a assessoria de comunicação do Hospital Anchieta, mas não obteve resposta até a publicação desta reportagem.

Deixe um comentário

Rolar para cima