Espíritas, vocês estão errados!

AdminPor ,18/04/2015 às 9:03, Atualizado em 18/04/2015 às 9:03

A Umbanda, religião tipicamente brasileira, cujo significado é Lei de Deus ou Legião de Deus, foi fundada no início do século XX, em Niterói (RJ), e tem como fundamento principal a caridade baseada no Evangelho de Cristo. Estranhamente, a maior parte dos Centros de Umbanda não incorporou em suas atividades o estudo e a exposição …

Espíritas, vocês estão errados! Leia mais »

A Umbanda, religião tipicamente brasileira, cujo significado é Lei de Deus ou Legião de Deus, foi fundada no início do século XX, em Niterói (RJ), e tem como fundamento principal a caridade baseada no Evangelho de Cristo. Estranhamente, a maior parte dos Centros de Umbanda não incorporou em suas atividades o estudo e a exposição dos ensinamentos de Cristo.

Há muito que a Espiritualidade Maior tenta corrigir esta falha, mas não encontra  receptividade em boa parte dos dirigentes umbandistas, talvez por má vontade ou desconhecimento deste objetivo que é o mais importante da Umbanda: Praticar a caridade com base no Evangelho de Cristo.

Há falha também por parte dos espíritas kardecistas que, convocados para auxiliar os umbandistas na interpretação dos ensinamentos contidos no Evangelho, recusam-se ou querem transformar os Centros de Umbanda em Centros Kardecistas. Espíritas, vocês estão errados! Quando convocados para auxiliar os irmãos umbandistas é para facilitar o entendimento do Evangelho, e não para alijá-los de sua Doutrina.

André Luis há muito ensinou que “a cada um foi dado algo diferente para que haja intercâmbio e daí surja o amor”. Amor é o bem do outro quando esqueço retorno, gratidão, aplauso ou imposição de minhas ideias.

Espíritas! Entendam que a Umbanda tem seu público e sua missão, assim como os evangélicos, os budistas e os católicos têm as suas. Respeitá-los é amá-los. O espírito fundador da Umbanda, em encarnação anterior a que teve no Brasil, foi Cardeal na Espanha. Portanto, um ser íntimo do Evangelho.

Estamos no século da transição. É hora de união, colaboração, respeito e evolução.

Deixe um comentário

Rolar para cima