Empresa interrompe fornecimento de alimentos aos funcionários da Saúde

bsbcapitalPor ,07/10/2014 às 10:26, Atualizado em 07/10/2014 às 10:26

A empresa Sanoli, que comercializa alimentos para 16 hospitais e quatro Unidades de Pronto Atendimento (UPA) do Distrito Federal, divulgou nota nesta terça-feira (7) informando que o fornecimento das cinco refeições para 1,7 mil funcionários será suspenso a partir de hoje. De acordo com a empresa, a medida foi tomada porque a Secretaria de Saúde …

Empresa interrompe fornecimento de alimentos aos funcionários da Saúde Leia mais »

A empresa Sanoli, que comercializa alimentos para 16 hospitais e quatro Unidades de Pronto Atendimento (UPA) do Distrito Federal, divulgou nota nesta terça-feira (7) informando que o fornecimento das cinco refeições para 1,7 mil funcionários será suspenso a partir de hoje. De acordo com a empresa, a medida foi tomada porque a Secretaria de Saúde do DF (SES-DF) não quitou o pagamento do mês de agosto e um montante devido desde janeiro (referente ao reajuste da data base dos funcionários), que totaliza cerca de R$ 14 milhões.

Segundo a Sanoli, o estoque de alimentos é suficiente para cerca de 15 dias, com o risco de começar a faltar alguns produtos a partir da segunda quinzena do mês de outubro.

A empresa fornece a alimentação há mais de 40 anos no DF e, segundo a empresa, há dificuldades de manter a reposição dos estoques de alimentos e efetuar o pagamento dos mais de 1.700 funcionários envolvidos com a SES-DF.

No entanto, a Sanoli esclarece que, por enquanto, não vai interromper o fornecimento aos pacientes e acompanhantes. “É importante destacar que continua o fornecimento da alimentação adequada para os pacientes, o que demonstra a seriedade e a responsabilidade da empresa, até que se esgote o atual estoque de matéria prima e o comparecimento dos seus funcionários”, diz nota.

A Secretaria de Saúde do DF já foi procurada, mas ainda não se manifestou a respeito do caso até esta publicação.

Deixe um comentário

Rolar para cima