Distritais reprovam Rollemberg

bsbcapitalPor ,20/12/2015 às 16:32, Atualizado em 20/12/2015 às 16:32

        Pesquisa da Tracker Consultoria & Assessoria realizada de 1º a 16 de dezembro mostra uma queda da avaliação do governador Rodrigo Rollemberg (PSB) junto aos deputados distritais. Dezenove parlamentares responderam a três perguntas: 1) Como classifica a relação entre o Executivo e o Legislativo no segundo semestre de 2015?; 2) De zero …

Distritais reprovam Rollemberg Leia mais »

        Pesquisa da Tracker Consultoria & Assessoria realizada de 1º a 16 de dezembro mostra uma queda da avaliação do governador Rodrigo Rollemberg (PSB) junto aos deputados distritais. Dezenove parlamentares responderam a três perguntas: 1) Como classifica a relação entre o Executivo e o Legislativo no segundo semestre de 2015?; 2) De zero a 10, que nota dá ao desempenho do governo local?; e 3) Qual a perspectiva para a relação com o Executivo no próximo semestre?

 

Em comparação com as respostas obtidas no levantamento feito pela Tracker nos dias 5, 6 e 7 de julho sobre a avaliação os deputados quanto ao desempenho de Rollemberg no primeiro semestre, a situação piorou. O índice anterior de 37,5% de “Ótimo/Bom” caiu para 26,3%. Já o conceito Regular disparou de 12,5% para 3,69%, enquanto o Ruim/Péssimo caiu de 50% para 36,8%. Já a nota dos distritais para o governador ficou vermelha: caiu de 5,2 no primeiro semestre para 4,8 no segundo.

 

Otimismo para 2016

 

A boa notícia para Rollemberg é que, respondendo à terceira pergunta da pesquisa, subiu de 50% para 57,8% a parcela dos distritais que apostam na melhoria da relação do Executivo com o Legislativo. A parcela de parlamentares que acreditam numa melhor relação com o governo subiu de 50% para 57,8%; Já o índice dos que acham que a relação irá piorar caiu de 18,75 para 5,3%. Por último, os deputados que acham que tudo vai continuar como está teve alta de 5,65 pontos percentuais: de 31,25% para 36,9%.

 

A melhor saída

 

De acordo com o chefe do Departamento de Análise Política da Tracker Consultoria, José Maurício dos Santos, apesar de o momento econômico não ser favorável, o clima político ainda é bom para Rollemberg recuperar a popularidade nas ruas. “Esse primeiro ano de governo ensinou que o diálogo é a melhor  saída”, concluiu o especialista em marketing político e eleitoral.

Deixe um comentário

Rolar para cima