Dilma dá início à campanha de R$ 500 mil para custear viagens

bsbcapitalPor ,29/06/2016 às 16:55, Atualizado em 09/07/2016 às 3:50

A presidente afastada Dilma Rousseff lançou nesta quarta-feira (29) a campanha “Jornada pela Democracia” no site de financiamento coletivo Catarse. O objetivo é arrecadar R$ 500 mil para custear as viagens pelo Brasil nos aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) e tentar reverter o processo de impeachment através de conversas com parlamentares, representantes de instituições …

Dilma dá início à campanha de R$ 500 mil para custear viagens Leia mais »

Presidenta Dilma Rousseff durante entrevista para o Jornal El País no Palácio da Alvorada. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR
Presidenta Dilma Rousseff durante entrevista para o Jornal El País no Palácio da Alvorada. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

A presidente afastada Dilma Rousseff lançou nesta quarta-feira (29) a campanha “Jornada pela Democracia” no site de financiamento coletivo Catarse. O objetivo é arrecadar R$ 500 mil para custear as viagens pelo Brasil nos aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) e tentar reverter o processo de impeachment através de conversas com parlamentares, representantes de instituições e de movimentos sociais.

Em apenas 5 horas, a campanha foi apoiada por 841 pessoas, que doaram R$ 70 mil. Segundo os organizadores, a motivação da campanha advém do “governo provisório e ilegítimo, que estabeleceu medidas restritivas à movimentação da presidenta”. “Tentar impedi-la de estar junto da população, para evitar que o golpe seja mostrado como realmente é: um processo espúrio de retirada de direitos do povo, inclusive o mais importante, que é o direito de escolher seus governantes pelo voto direto”, diz o texto.

Recompensa

Quem contribuir com a “vaquinha”, que só vale para pessoa física, vai ganhar recompensas, independente do valor cedido. Para apoiar o projeto com R$ 10 ou R$ 500, o doador vai ganhar uma citação no site da presidente (dilma.com.br), foto oficial autografada em versão digital e vídeo de agradecimento. Para contribuir, basta acessar o link.

 

Confira o vídeo da campanha:

 

 


PF: fraudes na Lei Rouanet somam R$ 180 mi e ministério falhou na fiscalização


Waldir Maranhão diz que vai “recompensar o país” com votações na semana que vem


Senadora Gleisi chama de “abusiva” a prisão  do seu marido,  Paulo Bernardo


 

Deixe um comentário

Rolar para cima