DF é o 1º no ranking nacional do Disque 180

bsbcapitalPor ,30/04/2014 às 11:11, Atualizado em 30/04/2014 às 11:11

O Distrito Federal ocupa a primeira posição na classificação nacional de acesso ao Disque 180, da Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República (SPM-PR). Em números absolutos houve 15.665 atendimentos. Dentro do ranking nacional, a taxa de registro do DF foi de 1.171,02 por 100 mil mulheres em 2013, de acordo com …

DF é o 1º no ranking nacional do Disque 180 Leia mais »

O Distrito Federal ocupa a primeira posição na classificação nacional de acesso ao Disque 180, da Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República (SPM-PR). Em números absolutos houve 15.665 atendimentos. Dentro do ranking nacional, a taxa de registro do DF foi de 1.171,02 por 100 mil mulheres em 2013, de acordo com o Balanço Anual da Central de Atendimento à Mulher – Disque 180.

Panorama nacional

A vice-liderança foi ocupada pelas paraenses, com taxa de 809,44. A terceira posição ficou com o Amapá, com taxa de 742,78 acessos ao Disque 180.

 UF
Quantidade de RegistrosTotal de mulheresTaxa de Registro pela população feminina por grupo de 100.000 mulheres
DF15.6651.337.7261.171,02
PA30.4583.762.833809,44
AP2.481334.015742,78
ES13.0821.783.002733,71
MS8.9581.229.166728,79
BA49.2657.141.064689,88
SE7.2931.062.982686,09
AL10.8631.608.975675,15
RJ55.0878.366.663658,41
10ºMA19.3263.310.823583,72
11ºGO15.9103.022.503526,38
12ºPI8.0801.590.219508,11
13ºRS25.8315.489.827470,52
14ºMG46.1509.954.614463,60
15ºPR24.4285.311.098459,94
16ºSP95.83221.180.394452,46
17ºRO3.382767.277440,78
18ºPE19.8094.566.135433,82
19ºMT6.3641.485.097428,52
20ºPB7.7221.942.339397,56
21ºRN6.0551.619.402373,90
22ºAC1.339364.929366,92
23ºRR731221.884329,45
24ºTO2.110681.002309,84
25ºSC8.2543.148.595262,15
26ºCE10.4014.329.989240,21
27ºAM2.4631.729.609142,40

Balanço 2013

O Disque 180 atingiu 532.711 registros no ano passado, totalizando quase 3,6 milhões de ligações desde que o serviço foi criado em 2005. A violência física representa 54% dos casos relatados e a psicológica, 30%. No ano, houve 620 denúncias de cárcere privado e 340 de tráfico de pessoas. Foram registradas ainda 1.151 denúncias de violência sexual em 2013, o que corresponde à média de três ligações por dia sobre o tema.

O levantamento do serviço aponta que em 2013 subiu de 50% para 70% o percentual de municípios de origem das chamadas. Cresceu também — em 20% — a porcentagem de mulheres que denunciou a violência logo no primeiro episódio. Relatos apontam que os autores das agressões são, em 81% dos casos, pessoas que têm ou tiveram vínculo afetivo com as vítimas.

Acesse aqui os dados completos do Balanço de 2013 do Ligue 180.

Serviço

A Central de Atendimento à Mulher – Ligue 180 – é um serviço de atendimento telefônico da SPM, criado com o objetivo de disponibilizar um espaço para que a população brasileira, principalmente as mulheres, possa se manifestar acerca da violência de gênero, em suas diversas formas. O serviço presta seu atendimento com foco no acolhimento, orientação e encaminhamento para os diversos serviços da Rede de Enfrentamento à Violência contra as Mulheres em todo o Brasil.

Para entrar em contato com a Central de Atendimento, basta ligar 180. As ligações podem ser feitas por qualquer telefone – seja ele móvel ou fixo, particular ou público (orelhão, telefone de casa, telefone do trabalho, celular). É importante saber que toda ligação feita à Central é GRATUITA.

O serviço funciona 24 horas por dia, 7 dias por semana, inclusive durante os finais de semana e feriados.

Deixe um comentário

Rolar para cima