Crescendo, apesar dos problemas

BSB Capital 23/06/2017 às 12:45, Atualizado em 18/09/2017 às 21:14

.

Há inteligência na Terra sobre tudo, menos, inteligência para viver. Mestre Kalunga ensinou que, na Terra, quase ninguém vive como Deus gostaria. O Criador gostaria que todos vivessem melhor, mas Ele não pode vir pessoalmente lhe dizer como você deve viver. Esta deve ser a sua descoberta.

O vício de olhar para o que falta, com revolta, esquecendo a gratidão pelo que tem é, talvez, a maior causa de infelicidade neste mundo. Sempre que agir sem levar em conta o mal que causa a si ou ao próximo, agravará seus problemas. A vida na Terra é uma teia, e todos estamos interligados, ensinam os pensadores.

Grande parte dos problemas que surgem não fazia parte da sua programação existencial. A maneira como você agiu, sem avaliação benéfica, individual ou coletiva, gerou a reação que lhe infelicita.

Sempre que agir com revolta, desespero ou desânimo, poderá criar uma longa cadeia de reações negativas que complicarão sua vida. Sempre que agir com disposição, dedicação, honestidade e boa-vontade, poderá criar uma cadeia de reações positivas que lhe levarão ao caminho da auto-realização.

Observe sua vida e veja que você tem encontrado pessoas, lugares e situações que, se tivesse aproveitado de uma forma inteligente, estaria hoje numa situação muito melhor.

Os desorganizados encontram pessoas organizadas; os falsos, os hipócritas; os preguiçosos, os trabalhadores; os ateus, pessoas de fé; os pessimistas, os otimistas; os tristes, pessoas alegres; os estúpidos, os educados, estudiosos, interessados, pessoas de compreensão e pacientes, etc.

Há uma sabedoria oculta nas relações humanas. Você encontrará sempre as pessoas que precisa para elevação da sua alma.

Não obstante, não esqueça que este ainda é um mundo em que o mau encanta muita gente. Não foi sem razão que o Mestre maior recomendou: “sejam simples como as pombas, mas prudentes como as serpentes”.

Aprenda com o bem e o mal, e torne-se a cada dia um ser humano de mais qualidade, sem se culpar pelo passado. “Se eu cheguei onde cheguei é porque me apoiei em ombros de gigantes”, ensinou Einstein.

Rolar para cima