CPI da pandemia ouve ex-secretário de Saúde do Amazonas

bsbcapitalPor ,15/06/2021 às 10:24, Atualizado em 16/06/2021 às 10:45

A expectativa é que Campelo dê esclarecimentos sobre o colapso da saúde em Manaus

Marcellus Campelo era o secretário de Saúde durante o colapso no fornecimento de oxigênio aos pacientes de covid no Amazonas. Foto: saude.am.gov.br

O ex-secretário de Saúde do estado do Amazonas Marcellus Campelo será ouvido nesta terça-feira (15) na CPI da Pandemia. Campelo deve falar sobre a crise do oxigênio em Manaus, ocorrida em janeiro deste ano, e sobre a hipótese de que a capital do Amazonas tenha sido utilizada com uma espécie de laboratório para a tese da imunidade de rebanho.

A saúde pública entrou em colapso no estado no início de 2021, com falta de leitos e de oxigênio medicinal nos hospitais que recebiam pacientes com covid-19. Além disso, a Polícia Federal apura desvio de dinheiro do combate à pandemia, a partir de suposta organização criminosa no estado. O ex-secretário deve esclarecer pontos relacionados à suspeita de superfaturamento na compra de respiradores e na instalação de hospitais de campanha.

Os requerimentos que pediram a convocação de Marcellus Campelo foram apresentados pelos senadores Marcos Rogério (DEM-RO) e Alessandro Vieira (Cidadania-SE). Marcos Rogério diz que o ex-secretário terá de “esclarecer os fatos no tocante ao colapso da saúde no estado do Amazonas no começo do ano”, ao enfrentamento da pandemia pelo governo federal e à fiscalização da aplicação de recursos federais por estados e municípios no combate à pandemia.

Para Alessandro Vieira, o depoente terá que esclarecer “todas as circunstâncias relativas ao colapso da saúde na capital amazonense no início do ano, especialmente com relação à falta de oxigênio e à atuação dos gestores públicos para a resolução da crise”. 

Fonte: Agência Senado

Deixe um comentário

Rolar para cima