Contratos com novas empresas de ônibus estão mantidos

bsbcapitalPor ,04/10/2013 às 9:27, Atualizado em 04/10/2013 às 9:27

A justiça do DF acatou os argumentos da Procuradoria Geral do DF e derrubou ontem (3) a liminar que suspendeu os contratos já assinados pelas empresas de ônibus Piracicabana e Marechal, responsáveis pelas bacias 1 e 4. A decisão é do Tribunal de Justiça do DF.   “Essa foi mais uma das cerca de 190 …

Contratos com novas empresas de ônibus estão mantidos Leia mais »

A justiça do DF acatou os argumentos da Procuradoria Geral do DF e derrubou ontem (3) a liminar que suspendeu os contratos já assinados pelas empresas de ônibus Piracicabana e Marechal, responsáveis pelas bacias 1 e 4. A decisão é do Tribunal de Justiça do DF.

 

“Essa foi mais uma das cerca de 190 ações que nós vencemos e foram executadas por quem fazia parte do grupo que mandava no sistema e não quer a concretização da modernização do transporte público, que beneficiará toda a população do DF”, argumentou o secretário de Transporte, José Valter Vásquez.

 

Segundo ele, o processo licitatório atendeu todas as normas legais e não chegou a ser prejudicado pela liminar, proferida pelo juiz da 1ª Vara da Fazenda Pública de Brasília na última sexta-feira (27).

 

A Piracicabana é responsável pela substituição de 417 ônibus que serão operados em Brasília, Sobradinho I e II, Planaltina, Cruzeiro, Varjão, Lago Norte, Sudoeste/Octogonal e Fercal.

 

Já na bacia 4, serão trocados 464 veículos que circularão em Taguatinga, Ceilândia, Guará, Águas Claras e Park Way.

 

A previsão é que as empresas comecem a colocar seus veículos nas ruas ainda este mês.

Deixe um comentário

Rolar para cima