Continua sem acordo a reintegração dos concursados da CEB demitidos pela Neoenergia

BSB Capital12/04/2022 às 18:39, Atualizado em 14/04/2022 às 15:33

Sindicato dos Urbanitários do DF marcou nova mobilização para o dia 20 de abril, às 15h na CLDF

Diva Araújo

Representantes do Sindicato dos Urbanitários do Distrito Federal (STIU-DF) continuam agenda de mobilização, pela reintegração dos 45 concursados da antiga Companhia Energética de Brasília (CEB) demitidos nesta segunda-feira (11/04), pela empresa Neoenergia Brasília.

Após serem surpreendidos com a demissão em massa de 45 concursados da CEB, dirigentes da STIU-DF se concentraram na tarde do dia 11/04 em frente apo Palácio do Burirti na tentativa de reverter as demissões junto ao Governo do Distrito Federal. Sem sucesso, uma mobilização foi marcada para hoje (12) na Câmara Legislativa.

Funcionários desligados e representantes do Sindicato lotaram a galeria do plenário da CLDF, pressionando para apreciação do Projeto de Lei que prevê o aproveitamento dos empregados da CEB, privatizada em 2021.

Também nesta terça-feira (11), as lideranças dos Urbanitários se reuniram com responsáveis da área trabalhistas do grupo Neoenergia, Elton Leôncio Nery e Luiz Duarte, a fim de chegarem a um acordo que possibilitasse o retorno dos profissionais desligados, tendo em vista a experiência e a contribuição que ainda podem oferecer para o bom desempenho do trabalho, no entanto as tratativas continuam sem acordo porque a empresa se recusa a reverter a as demissões.

Por falta de quórum, não houve sessão na Câmara Legislativa para deliberação do Projeto. A deputada Arlete Sampaio encaminhou um requerimento ao presidente da Casa, solicitando a conversão de Sessão Plenária em Comissão Geral para a realização de debate acerca da situação dos empregados públicos da extinta Companhia Energética de Brasília – Distribuição (CEB), e nova mobilização foi para marcada para o dia 20 de abril, às 15h.

Leia mais em Brasília Capital

Deixe um comentário

Rolar para cima