“Compromisso Nacional pela Participação Social”

bsbcapitalPor ,26/09/2013 às 10:32, Atualizado em 26/09/2013 às 10:32

Foi aprovado ontem (25) por representantes de 15 estados brasileiros e do DF, em reunião no Palácio do Planalto, o texto do “Compromisso Nacional pela Participação Social”, documento que será utilizado como ferramenta para fortalecer o diálogo entre o Estado e a sociedade civil. “O objetivo é que a participação social se torne um método …

“Compromisso Nacional pela Participação Social” Leia mais »

Foi aprovado ontem (25) por representantes de 15 estados brasileiros e do DF, em reunião no Palácio do Planalto, o texto do “Compromisso Nacional pela Participação Social”, documento que será utilizado como ferramenta para fortalecer o diálogo entre o Estado e a sociedade civil.

“O objetivo é que a participação social se torne um método de governo. Ou seja, que a sociedade civil organizada, os indivíduos, aqueles que se interessam pela construção das políticas públicas tenham espaços, meios eficientes e efetivos, para ajudar a construir essas políticas”, explicou o secretário de Governo, Gustavo Ponce de Leon.

O texto foi apresentado pela Secretaria de Governo do Distrito Federal, que depois de novas contribuições foi finalizado e tem previsão de ser assinado em novembro deste ano.

O “Compromisso” foi desenvolvido de forma coletiva por secretários de Estado responsáveis pela pauta em todo o país, e agora o próximo passo será pactuado com gestores estaduais e municipais.

“Este é um momento histórico em que estamos debatendo um novo modo de fazer política, utilizando a participação social como método de governo”, afirmou o ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho.

“As ruas pediram em junho e agora nós iremos ter uma nova forma de gestão. Eles queriam novos mecanismos de participação, de democracia, e é isso que estamos fazendo aqui”, complementou o ministro, ao lembrar que o Brasil se destaca mundialmente no diálogo com a sociedade civil.

Além de ser uma ferramenta para aproximar o Estado da sociedade civil na tomada de decisões, o documento também definirá diretrizes para audiências públicas, conferências, ouvidorias e outros mecanismos, além de assegurar o acompanhamento dos resultados de cada um desses processos.

O lançamento do “Compromisso Nacional pela Participação Social” será em cerimônia oficial em Brasília e contará com a presença dos gestores que aderiram à proposta.

Deixe um comentário

Rolar para cima