Comissão da CLDF barra reconhecimento de clubes de tiro como de “relevante interesse”

BSB Capital 22/06/2022 às 10:00, Atualizado em 21/06/2022 às 18:06

Relator na Comissão de Assuntos Sociais, o deputado Robério Negreiros (PSD) em seus pareceres pela rejeição dos projetos de lei, ressaltou que exaltar os clubes de tiro vai “completamente de encontro à aspiração de tornar este País mais pacífico”

Foto: Lucas Neiva/UniCeub

Da Redação

A Comissão de Assuntos Sociais (CAS) da Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) rejeitou, nesta segunda-feira (20), oito projetos de lei que reconheciam diferentes clubes de tiros do Distrito Federal como de relevante interesse cultural, social e econômico do DF. As proposições foram apresentadas pelo deputado suplente Carlos Tabanez (MDB).

“Não quero desmerecer as propostas, mas acompanho a orientação da consultoria da Casa”, afirmou o relator dos textos no colegiado, deputado Robério Negreiros (PSD), ao anunciar seus pareceres pela rejeição dos PLs. 

O distrital ressaltou ainda que “Ao contrário de outros espaços já propostos como de “relevante interesse” para o Distrito Federal nesta Casa, é difícil conceber por que razão um local destinado à prática de tiro, sobretudo com arma de fogo, seja merecedor desse título. Por mais que a existência desses estabelecimentos seja legítima e esteja de acordo com a legislação, exaltá-los vai completamente de encontro à aspiração de tornar este País mais pacífico e inclusivo”.

O voto do relator foi acompanhado pelos outros dois deputados presentes no momento da votação: Martins Machado (Republicanos) e Fábio Felix (Psol).

Com informações da Agência CLDF.

Leia mais em Brasília Capital

Deixe um comentário

Rolar para cima