Casos de estupro aumentam no DF, segundo SSP

bsbcapitalPor ,25/07/2017 às 16:13, Atualizado em 06/04/2022 às 15:19

O balanço da Secretaria de Segurança Público deste primeiro semestre foi divulgado na terça-feira (25)

O número de casos de estupro no Distrito Federal aumentou no primeiro semestre deste ano em comparação com o ano passado, segundo o balanço da Secretaria de Segurança Pública. As denúncias saltaram de 314, em 2016, para 415, em 2017 – elevação de 32,2%. Apenas no mês de junho, houve um aumento de 11 casos.

Entre os registros, 69% deles foram considerados estupro de vulnerável, sendo que 81% ocorreram dentro da casa da vítima ou do autor e 88% tinham vínculo pessoal. Cerca de 42% dos estupros ocorreram em Ceilândia, Samambaia, Gama e Santa Maria – as regiões administrativas que mais registraram a ocorrência.

Homicídios

O número de vítimas de homicídios diminuiu 22,1% no DF – em 2016, houve 308 mortes, enquanto, em 2017, foram 240. Apenas no mês de junho, morreram sete pessoas a menos do que em 2016, quando foram registradas 42 mortes. As estatísticas para latrocínio e lesão corporal seguida de morte não tiveram alteração com relação ao ano passado.

Veja o balanço completo

Rolar para cima