Candangão: Brasiliense e Ceilândia decidem pela 3ª na história

Gustavo PontesPor ,14/05/2021 às 12:31, Atualizado em 14/05/2021 às 12:31

Final acontece neste sábado, às 15h, no Mané Garrincha

Final do Candangão acontece neste sábado, às 15h, no Mané Garrincha. Arte: Lorrane Oliveira/BSB Capital

A 46ª edição do Candangão terá seu último capítulo neste sábado com uma disputa que vai além da taça de 2021. Brasiliense e Ceilândia já se enfrentaram duas vezes nas finais, com uma vitória para cada lado, e irão desempatar esse confronto em decisões. O jogo único será neste sábado, às 15h, no Mané Garrincha, com transmissão ao vivo na FFDFTV, no YouTube.

Em 2010, o Ceilândia, que contava com o artilheiro Dimba, foi campeão, e em 2017 o Jacaré ficou com o título. Pelo quinto ano consecutivo o Jacaré chega à final do campeonato e quer quebrar uma sequência de três vices consecutivos. Curiosamente, o último título foi em 2017 sobre o rival deste ano.

O caminho até a final foi diferente para as duas equipes. O Ceilândia busca o tricampeonato, mais uma vez com Adelson de Almeida, treinador nos títulos de 2010 e 2012, que alcançou a marca de 100 vitórias no comando do Gato Preto. O time começou a preparação para a temporada sob desconfiança dos torcedores, mas logo na primeira rodada derrotou o Real Brasília, apontado como um dos favoritos e mostrou que poderia surpreender.

Na segunda fase, o Gato Preto esteve perto de ser eliminado, mas conseguiu um milagre ao empatar com o Capital no último lance da penúltima rodada e seguir na competição, para no quadrangular final ganhar as duas partidas do Gama e conquistar vagas na final do Candangão 2020, na série D, na Copa Verde e na Copa do Brasil 2021.

O Brasiliense foi impecável desde o início, bateu recorde de vitórias consecutivas no Candangão. Só não ganhou um jogo na competição, justamente contra o Ceilândia, na penúltima rodada.

Deixe um comentário

Rolar para cima