Câmara aprova reajuste de ministros e teto salarial vai para R$ 39 mil

bsbcapitalPor ,02/06/2016 às 8:51, Atualizado em 09/07/2016 às 3:51

A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta quarta-feira (1º/6) o aumento do salário dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). O valor, teto do funcionalismo, aumentou de R$ 33.763 para R$ 36.813 ainda neste ano. Caso seja aprovado no Senado, o valor passa a ser de R$ 39.293 a partir de janeiro de 2017. …

Câmara aprova reajuste de ministros e teto salarial vai para R$ 39 mil Leia mais »

camara_dos_deputados_0
Câmara dos Deputados

A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta quarta-feira (1º/6) o aumento do salário dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). O valor, teto do funcionalismo, aumentou de R$ 33.763 para R$ 36.813 ainda neste ano. Caso seja aprovado no Senado, o valor passa a ser de R$ 39.293 a partir de janeiro de 2017.

Entre as medidas votadas, está o projeto de lei que reajusta o salário dos servidores do Judiciário em 41%, em oito parcelas, de forma escalonada, de janeiro de 2016 a julho de 2019.

O pacote, que envolve 16 propostas remuneratórias para funcionários de Executivo, Legislativo e Judiciário, além do Ministério Público da União (MPU), terá impacto total de, aproximadamente, R$ 58 bilhões até 2019.

Por meio de nota, divulgada no início da tarde, o Ministério do Planejamento informou que os aumentos não causarão reação adicional ao Oçamento de 2016, porque são consequência de debates ao longo de cerca de oito meses e resultaram na assinatura de 32 termos de acordo, no Executivo.

“Para todos os projetos já haviam sido assegurados, na Lei Orçamentária Anual de 2016, os recursos necessários, por esse motivo, o reajuste não causará impacto adicional no orçamento desse ano. Os acordos estabelecem, para 2016, reajuste de 5,5% a partir de agosto. O impacto no exercício é de R$ 4,230 bilhões”, destaca.

O Planejamento divulgou, ainda, que os documentos que contemplam o pessoal do Legislativo, magistrados, desembargadores e ministros de tribunais superiores “também já estão previstos no orçamento”.

 


Senado aprova projeto que aumenta pena para crime de estupro coletivo


PF indicia presidente do Bradesco em inquérito da Zelotes, diz MP


Odebrecht assina acordo de delação premiada com a Lava-Jato


Deixe um comentário

Rolar para cima