Buscando uma resposta para ser feliz

bsbcapitalPor ,08/02/2016 às 12:06, Atualizado em 09/07/2016 às 3:54

Fernanda Sampaio Vivemos num momento no qual a instabilidade reina a nível mundial. Cada vez mais os quadros de adoecimento crescem, as pessoas buscam respostas para as suas dores e sofrimentos, os países se mostram incapazes de solucionar seus conflitos econômicos e ideológicos. As crises são frequentemente constatadas fora e dentro de nós mesmos, uma …

Buscando uma resposta para ser feliz Leia mais »

Fernanda Sampaio

Vivemos num momento no qual a instabilidade reina a nível mundial. Cada vez mais os quadros de adoecimento crescem, as pessoas buscam respostas para as suas dores e sofrimentos, os países se mostram incapazes de solucionar seus conflitos econômicos e ideológicos. As crises são frequentemente constatadas fora e dentro de nós mesmos, uma interferindo na outra e deixando o ser humano sem chão. Então, se busca uma esperança, uma receita que ajude a sair dessa tensão. Mas o homem se mostra despreparado para esse enfrentamento, simplesmente porque a sociedade atual não nos prepara para isso.

É uma sociedade que nos treina a Fazer, nos incentiva a Ter, mas não nos desenvolve no Ser e na habilidade em lidar com nossas emoções. As 24 horas do dia são insuficientes para tantas atividades. Essa dificuldade com o tempo se reflete nos níveis socioeconômicos e atinge todas as idades. Nem a criança tem mais tempo para brincar e nem o idoso tem tempo para descansar. Ou seja, nos falta tempo para encontrar a resolução para os nossos conflitos. Os anos passam e o caos se instala e se intensifica dentro de nós. Muitas vezes, nesses momentos aparecem as doenças psicossomáticas.

Nosso corpo precisa adoecer para que possamos parar e olhar para dentro. Deixamos chegar nesse limite. Mesmo em caos interno, nos perguntamos como se chegou o caos no nosso país. Como está acontecendo o caos no mundo. Como se o caos externo estivesse sem correlação com o caos que fabricamos dentro de nós. A resposta para tudo isso se encontra primeiramente no Tempo que precisamos nos dedicar, incluindo a Paciência, a Dedicação e o Silêncio que nos levarão ao autoconhecimento. Só com ele descobriremos a resposta para ser feliz.

Esta coluna está sendo criada para que exista esse espaço de saúde na nossa vida. Aqui, conversaremos sobre seres humanos: suas dores, suas angústias, seus medos, suas dificuldades e também suas forças, suas capacidades, seus sonhos e suas determinações. Com a consciência de que para fazer um mundo melhor, só há um caminho: aprendermos a sermos melhores para nós mesmos.

 

(*) Psicóloga, Psicodramatista, Terapeuta sexual, palestrante, especialista em Brainspotting e EMDR

Deixe um comentário

Rolar para cima