Bolsonaro anuncia recondução de Aras à PGR

bsbcapitalPor ,21/07/2021 às 11:45, Atualizado em 22/07/2021 às 9:28

Ele será submetido a uma sabatina na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e precisará ter o nome aprovado pelo Plenário do Senado

Augusto Aras será submetido a uma sabatina na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e precisará ter o nome aprovado pelo Plenário do Senado. Foto: Roberto Jayme/Ascom/TSE

O presidente Jair Bolsonaro anunciou a recondução de Augusto Aras para mais um mandato à frente da Procuradoria-Geral da República. Ele será submetido a uma sabatina na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e precisará ter o nome aprovado pelo Plenário do Senado. Para o senador Marcos Rogério (DEM-RO), a decisão é o reconhecimento pelo bom trabalho de Aras. Alguns senadores da oposição ponderaram que Bolsonaro ignorou mais uma vez a lista tríplice com indicações da Associação Nacional dos Procuradores da República. Para Humberto Costa (PT-PE), Aras deveria ter sido mais atuante na PGR.

O procurador-geral da República, Augusto Aras, foi informado, na terça-feira (20), da decisão do presidente da República, sobre o biênio 2021/2023. “Honrado com a recondução para o cargo de procurador-geral da República, reafirmo meu compromisso de bem e fielmente cumprir a Constituição e as leis do país”, pontuou Aras logo após o anúncio presidencial. Os próximos passos são a publicação da indicação no Diário Oficial da União (DOU) e a oficialização da informação ao Senado Federal, a quem cabe sabatinar os indicados ao cargo de PGR, inclusive nos casos de recondução.

Fonte: Agência Senado

Deixe um comentário

Rolar para cima