Barreiras eletrônicas do Detran são desligadas por vencimento de contrato

bsbcapitalPor ,07/12/2015 às 19:08, Atualizado em 07/12/2015 às 19:08

Desde a semana passada, as 14 barreias eletrônicas que o Detran opera no Distrito Federal estão sendo desligadas. O contrato com a empresa que fornecia o serviço encerrou e uma nova licitação ainda não foi aberta. O contrato já foi elaborado, mas o Ministério Público do DF (MPDFT) pediu para fazer ajustes. Ainda não há …

Barreiras eletrônicas do Detran são desligadas por vencimento de contrato Leia mais »

IMG_6746
Apesar de desligada, maioria dos motoristas ainda diminui a velocidade para passar pelas barreiras. Foto: Gabriel Pontes

Desde a semana passada, as 14 barreias eletrônicas que o Detran opera no Distrito Federal estão sendo desligadas. O contrato com a empresa que fornecia o serviço encerrou e uma nova licitação ainda não foi aberta. O contrato já foi elaborado, mas o Ministério Público do DF (MPDFT) pediu para fazer ajustes.

Ainda não há um prazo para o edital ser publicado, nem para as barreiras voltarem a funcionar. Apesar de não estarem multando, muitos motoristas ainda diminuem a velocidade para passar pelas barreiras. Antônio Ferreira, por exemplo, afirma que “prefere não arriscar”.

Os radares tradicionais, chamados pardais, continuam funcionando e não serão desligados. A multa por excesso de velocidade pode custar de R$85,13 a R$574,62, caso o motorista trafegue com velocidade maior que 50% da permitida pela via.


Leia mais:


Dezessete motoristas foram autuados pelo Detran no domingo


DF registra nascimento de bebê com microcefalia em hospital de Taguatinga


Coletes fora da validade e falta de efetivo marcam o primeiro dia de paralisação da PCDF


 

Deixe um comentário

Rolar para cima