Artistas locais celebram Sylvia Orthof

bsbcapitalPor ,22/02/2018 às 14:30, Atualizado em 22/02/2018 às 11:02

Com fomento do FAC (Fundo Apoio à Cultura), atores criam espetáculos de contação de histórias e montam obra cênica em homenagem à carioca

Com fomento do FAC (Fundo Apoio à Cultura), artistas locais, referência na arte de criar espetáculos de contação de histórias, montam obra cênica em celebração ao legado literário de Sylvia Orthof.

A temporada, de 10 apresentações, tem estreia no dia 26 de fevereiro e segue até o 3 de março, percorrendo Centros de Ensino Fundamental, Escolas Classe e Bibliotecas Públicas de Brazlândia, SIA e Cidade Estrutural. Todas as sessões têm entrada franca; e algumas são abertas à comunidade. “Optamos por escolas e bibliotecas, com a intenção de promover o acesso de crianças ao universo literário brasileiro”, conta Aldanei Menegaz, moradora de Brazlândia, proponente do projeto contemplado pelo FAC Regionalizado.

Sylvia Orthof (1932-1997), natural de Petrópolis (RJ), tinha forte vínculo com Brasília, onde morou entre 1960 e 1971. Foi professora de teatro na Universidade de Brasília (UnB), onde colaborou na criação de um teatro universitário. À época, dirigiu “Teatro Candanguinho”, programa teatral de bonecos, na TV Brasília, e foi coordenadora do Teatro do SESI. Publicou seu primeiro livro infantil do total de 135, em 1981, “Mudanças no Galinheiro Mudam as Coisas por Inteiro”. Em reconhecimento à sua obra, recebeu prêmios importantes como o Jabuti, da Câmara Brasileira do Livro e o selo Altamente Recomendável para Crianças, da FNLIJ (Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil).

Programação

Em BRAZLÂNDIA:
26 e 27/02, no CEM 01, às 10h e às 16h
28/02, no CEF Vendinha, às 10h, e no CENEBRAZ, às 16h
No SIA:
OI/03, na Escola Classe SRIA, às 10h e às 16h
Na CIDADE ESTRUTURAL:
02/03, na Biblioteca Pública, às 10h
03/03, na Biblioteca Pública, às 16h

Direção: Joana Abreu
Elenco: Aldanei Menegaz, Míriam Rocha e Simone Carneiro e Tino Freitas
Direção musical: Tino Freitas
Contatos para entrevistas: Joana Abreu, (62) 9.9294.0101 e joana.teatro@gmail.com

Deixe um comentário

Rolar para cima