Alerta sobre adoçante

mmPor ,16/04/2016 às 19:54, Atualizado em 09/07/2016 às 3:49

A sucralose é um tipo de edulcorante considerado, até então, como um dos mais seguros em relação à saúde do ser humano. O uso da sucralose foi aprovado pela Food and Drug Administration (FDA) nos Estados Unidos como um edulcorante de mesa em 1998, seguindo-se a aprovação como um adoçante de uso geral em 1999. Ou seja, …

Alerta sobre adoçante Leia mais »

A sucralose é um tipo de edulcorante considerado, até então, como um dos mais seguros em relação à saúde do ser humano. O uso da sucralose foi aprovado pela Food and Drug Administration (FDA) nos Estados Unidos como um edulcorante de mesa em 1998, seguindo-se a aprovação como um adoçante de uso geral em 1999. Ou seja, existem produtos à base de sucralose destinados também para o preparo de alimentos que são cozidos ou vão ao forno.

Antes de aprovar o adoçante, o FDA revisou mais de 100 estudos de segurança realizados no edulcorante, incluindo estudos para avaliar o risco de câncer. Os resultados desses estudos não mostraram nenhuma evidência de que o adoçante cause câncer ou represente qualquer outra ameaça à saúde humana.

Entretanto, um estudo recente, realizado aqui no Brasil por pesquisadores da Unicamp, mostrou que a sucralose pode apresentar riscos especificamente quando aquecida. Portanto, a atenção deve ser redobrada em alimentos e sobremesas quentes, como chás, cafés, bolos e tortas.

Os principais resultados do estudo indicam que, quando aquecido, o adoçante torna-se quimicamente instável, liberando compostos potencialmente tóxicos e cumulativos no organismo humano.

Quando aquecida, a sucralose libera hidrocarbonetos policíclicos aromáticos clorados (HPACs), compostos tóxicos, que podem se acumular no organismo, e, com isso, tornam-se potencialmente cancerígenos. Isso acontece na estrutura da sucralose devido ao rearranjo das moléculas, quando elas são aquecidas.

Reforçando o que falamos na semana passada, quanto mais natural for nossa alimentação, sem aditivos químicos, mais seguros parece que estamos!

Sobre o uso de adoçantes, procure um nutricionista para te orientar.


Açúcar ou adoçante?


Chocolate: vilão ou mocinho?


Coma em companhia!


 

Deixe um comentário

Rolar para cima