Agressão contra a mulher

bsbcapitalPor ,05/03/2013 às 9:09, Atualizado em 05/03/2013 às 9:09

Ex-marido assassinou a mulher na chácara onde o casal vivia, no Núcleo Rural Ponte Alta Norte, no Gama: o pai ligou para a filha após o crime Três dias depois de um homicídio chocar frequentadores de um shopping no Cruzeiro, o Distrito Federal assiste a outra mulher ser assassinada pelo ex-companheiro, desta vez no Gama. …

Agressão contra a mulher Leia mais »

Ex-marido assassinou a mulher na chácara onde o casal vivia, no Núcleo Rural Ponte Alta Norte, no Gama: o pai ligou para a filha após o crime (Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)
Ex-marido assassinou a mulher na chácara onde o casal vivia, no Núcleo Rural Ponte Alta Norte, no Gama: o pai ligou para a filha após o crime


Três dias depois de um homicídio chocar frequentadores de um shopping no Cruzeiro, o Distrito Federal assiste a outra mulher ser assassinada pelo ex-companheiro, desta vez no Gama. Com auxílio de um fio de telefone, o aposentado Elpídio Oliveira, de 46 anos, enforcou a ex-esposa Benilde Rosa, 41, na chácara onde os dois ainda viviam, no Núcleo Rural Ponte Alta Norte, às margens da DF-475. Transtornado, o homem se matou em seguida. Ambos os casos reforçam os índices elevados de violência contra a mulher no DF, onde, a cada hora, duas ocorrências, em média, são registradas nas delegacias locais relacionadas a crimes enquadrados na Lei Maria da Penha.


Enquanto a morte da vendedora Fernanda Grasielly Almeida Alves, 25 anos, na última sexta-feira, configurou-se como uma tragédia anunciada — já que o ex-namorado Victor Gabriel Medeiros, 29, ameaçava constantemente a vítima —, o assassinato de Benilde e o posterior suicídio de Elpídio pegaram amigos e parentes de surpresa. Embora continuasse dividindo o mesmo teto após a separação, há cerca de um ano, o casal vivia sem grandes conflitos, segundo familiares. O crime aconteceu por volta das 2h de ontem. Depois de provavelmente utilizar o fio do carregador do celular da esposa para estrangulá-la, Elpídio entrou em contato com uma das três filhas e contou que, além do assassinato, também pensava em suicídio. A jovem, que também mora no Gama, correu para a casa dos pais, mas chegou tarde demais. Ela encontrou a mãe morta sobre a cama e o pai, enforcado por uma corda.


Fonte: Correio Braziliense

Extratos dos Jornais

Deixe um comentário

Rolar para cima