Motorista invade prédio do Ministério da Fazenda porque diz não gostar do PT

bsbcapitalPor ,04/01/2016 às 9:16, Atualizado em 09/07/2016 às 3:40

Um motorista que se identificou como servidor da Receita Federal em Londrina (PR) invadiu a entrada o prédio do Ministério da Fazenda com uma caminhonete por volta das 4h30 desta segunda-feira (4). De acordo com a Polícia Federal, que investiga o caso, o homem teria dito que o motivo do ato foi porque ele não …

Motorista invade prédio do Ministério da Fazenda porque diz não gostar do PT Leia mais »

AtRRzLA5ng0ZXL5i6F1OlcMribW3VDamCuwmkZlf8x50
A Vw Amarok de cor preta tem placa de Londrina. Foto: Divulgação

Um motorista que se identificou como servidor da Receita Federal em Londrina (PR) invadiu a entrada o prédio do Ministério da Fazenda com uma caminhonete por volta das 4h30 desta segunda-feira (4). De acordo com a Polícia Federal, que investiga o caso, o homem teria dito que o motivo do ato foi porque ele não gosta do Partido dos Trabalhadores (PT).

Servidores que chegaram ao local depois do ocorrido encontraram a entrada principal do prédio interditada. Com a força do impacto, as catracas ficaram destruídas e fragmentos de vidro ficaram espalhados pelo chão. A caminhonete Volkswagen Amarok de cor preta tem placa de Londrina.

Leia mais notícias no Brasília Capital

De acordo com o Detran-DF, o veículo apresenta débitos de IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores), licenciamento e seguro obrigatório. Ao todo os valores somam R$ 3.147,38.

Em nota o Ministério da Fazenda informou que a invasão destruiu a porta de entrada e as catracas do edifício-sede.  O órgão ressaltou que não houve vítimas e confirmou expediente normal para esta segunda-feira. A entrada dos servidores está sendo feita pelo edifício anexo.

A Polícia Federal fará a perícia no local.


Leia mais:


Uber cobra tarifa até nove vezes mais cara de clientes no réveillon


Noroeste não é o vilão da Asa Norte, aponta estudo da UnB


Distritais reprovam Rollemberg


 

 

Deixe um comentário

Rolar para cima